Vacinação contra a Covid-19 é transferida para Unidades Básicas de Saúde

A partir da próxima segunda-feira, dia 2 de maio, a vacinação contra a Covid-19 deixa de ser realizada no Salão da Terceira Idade e passa a acontecer nas quatro Unidades Básicas de Saúde da cidade. A aplicação das doses será feita nos PSFs Imigrantes e Santa Margarida às segundas e quartas-feiras, das 8 às 12 e entre 13h e 15h. Na terça, das 8h às 11h30 o atendimento será no PSF Palmeiras e entre 12h e 15h30 na unidade do Fundão. Serão distribuídas 1ª e 2ª doses do imunizante contra o coronavírus para pessoas a partir de 5 anos. Também estarão disponíveis o reforço deste antígeno para holambrenses acima de 18 anos e a 4ª dose para idosos com mais de 60 que tenham tomado a 3ª dose há, pelo menos, 4 meses.

Para a imunização, é necessário apresentar documento oficial com foto. No caso de 2ª, 3ª ou 4ª doses é preciso levar também o comprovante de vacinação anterior. Menores de 18 anos que estiverem desacompanhados devem apresentar o Formulário de Autorização de Vacinação assinado pelos pais ou responsável legal. Ele está disponível em www.holambra.sp.gov.br, na aba Serviços, Vacina: Termo de autorização.

“O antígeno contra a Covid-19 entrou na rotina de vacinação, uma vez que já imunizamos boa parte da população com a 1ª e 2ª doses”, explicou o diretor municipal de Saúde, Valmir Marcelo Iglecias. “A procura por doses neste momento é mais tranquila e o trabalho será incorporado ao atendimento realizado costumeiramente nas unidades”.

Dados do Vacina Já, do Governo do Estado, mostram que Holambra imunizou 100,2% dos holambrenses com a 1ª dose do imunizante contra a Covid-19. Ainda segundo o portal, 93,92% dos moradores receberam o complemento ou vacina de dose única. 60,39% tomaram o reforço. O percentual apontado pelo sistema diz respeito ao número de doses aplicadas em relação à estimativa total de habitantes elegíveis.

  

Comentários