Vice-prefeita de Artur Nogueira explica rompimento com Administração Municipal

Após ser exonerada do cargo de presidente do Fundo Social de Solidariedade nesta segunda-feira, dia 8, a vice-prefeita de Artur Nogueira, Zezé da Saúde, emitiu na manhã desta terça-feira, dia 9, uma carta na qual explica os motivos que a levaram a romper com a administração do prefeito Ivan Vicensotti.

Confira a carta na íntegra:

Esclarecimento ao Povo Nogueirense: “Desde que fui convidada para ser a Vice, coloquei um desejo de estar em uma casa para que pudesse atender a população, pedido esse aceito pelo Ivan quando começamos em Janeiro/2017, fui fazer esse atendimento em uma sala da promoção, ficando ali por cinco meses.
Com a saída do Secretário de Saúde, o Prefeito nomeou a Diretora do RH, Sandra, para o cargo de Secretária de Saúde, a qual solicitou que eu fosse junto para poder ajudá-la. Aceitei o convite e passei a fazer meus atendimentos lá e também organizando a saúde junto com ela. Depois de alguns meses vi que a situação estava ficando insustentável, isso porque eu sempre preservei pelo bom atendimento da população, isso nos exames, nas consultas, nos casos do Bom Samaritano, em razão de atuar há mais de 20 anos na área pública do Município .
As pessoas queriam falar comigo, tanto os munícipes quanto os funcionários, e isso ia causando um mal-estar entre mim e a Secretária Sandra. Outros me relatavam que a Secretária não tinha paciência para atender os munícipes, o que me causava muita indignação e a maior prova disso, foi que um dia ela me disse: “ Quando você for atender esse povo, me avisa que eu fico em casa “; com respeito aos funcionários, a secretaria os atendia com bastante frieza e como dividíamos uma sala, presenciei por diversas vezes funcionários sendo atendidos aos gritos e berros. Sempre respeitei, pois ela era a Secretária e a situação só ia a cada dia piorando, foi quando fui falar com o Ivan, isso em novembro/2017.
Passei tudo isso para ele e também os casos de Jaguariúna (cirurgias e as demandas reprimidas). Nesse momento eu disse que não voltaria mais para a saúde, foi quando então afirmei-lhe que queria uma casa para atendimento à população, conforme o combinado antes da eleição.
Ele me colocou como presidente do Fundo Social de Solidariedade, juntamente com minha secretária Silvana. Só que nesse tempo, a Secretaria de Saúde não quis mais a enfermeira Fabiana Rosa, a assistente social Nivalda Oliveira e a advogada Daisy Redondo todas da saúde. A Secretária da Saúde mandou que todas fossem ficar comigo (momento esse que Ivan deu carta branca para ela).
O Secretario Jurídico do Município, fez a nova lei para criação do Fundo de Solidariedade Municipal, com os respectivos cargos. Passou na Câmara Municipal e foi aprovada por uma unanimidade. Começamos nosso trabalho a todo vapor, inclusive com o cantinho acolhedor Terezinha Vicensotti para atendimento imediato para todos os portadores de câncer (fase inicial); doação de cabelo para perucas e parcerias com as fabricantes de perucas. Doações de brinquedos e cestas básicas para os carentes, orientações jurídicas, distribuições de roupas e sapados, etc. E mais, com acolhimento de pessoas que necessitam de ajuda e não sabem onde buscar, assim como um cronograma de trabalho completo para 2018 na área social do Município. O projeto visava também a criação de uma excelente horta comunitária para os carentes. Ontem, (08.01.18) compareci a uma reunião marcada para falar com o Ivan, sobre os cargos de pessoal que viriam da saúde para o Fundo Social.

Reunião hostil e rápida, onde ele me disse: “Haverá mudança na Casa do Fundo. A partir de hoje ela não funciona mais e você será apenas a vice, sem exercer nenhuma atividade “.
Quero deixar registrada a demissão de todas pessoas do Fundo Social na data de 08.01/2018, a saber:

M Silvana da Costa Rodrigues
Nivalda Oliveria
Fabiana Rosa
Daisy Redondo
E também a funcionária da promoção social Rachel Alvares.

Com a intempestiva e irrefletida atitude do Sr. Prefeito Municipal, Ivan Vicensotti, ele desestrutura um excelente plano de governo municipal, voltado exclusivamente à área mais carente do Município de Artur Nogueira, cujos projetos encontravam-se em pleno andamento. Infelizmente!
“Continuo como Vice-Prefeita eleita do Município de Artur Nogueira-SP”.

Através da Assessoria de Comunicação o prefeito Ivan Vicensotti enviou uma nota se pronunciando sobre o fato:
“Estamos vivento um momento crucial na economia do país e em nossa cidade não é diferente, algumas mudanças se faz necessárias para o bom andamento e desenvolvimento de Artur Nogueira. As alterações no Fundo Social do município são apenas parte de muitas mudanças que serão feitas para melhorias a partir deste ano.
Sempre estarei do lado do povo e tomar decisões difíceis faz parte dessa atenção especial. Este ano teremos excelentes notícias e é preciso arrumar a casa”, informa o prefeito Ivan Vicensotti'”.

  

Comentários