Câmara começa a analisar contas do Executivo do exercício 2012

A Câmara Municipal de Holambra começou a analisar o processo do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo a respeito das contas do Executivo do exercício 2012, último ano de gestão da ex-prefeita Margareti Groot. O Tribunal emitiu parecer prévio desfavorável às contas em agosto de 2015. Desde então a ex-prefeita apresentou diversos recursos, todos negados. O processo já conta com 687 páginas em quatro volumes e três anexos.

A população tem sessenta dias para consultar o documento na sede do Legislativo. Após o prazo, a comissão de Orçamento, Finanças e Contabilidade da Câmara tem até 15 dias para emitir um parecer favorável ou contrário às contas, que resultará em um Projeto de Decreto Legislativo. Segundo o presidente da Câmara, Pedro Weel(PTB), a expectativa é que a votação final aconteça ainda em 2016.

Transição creche-escola

Eduardo da Silva(Pernambuco-PSD) apresentou indicação solicitando que o Executivo reavalie o período de férias para as crianças de quatro anos que deixam as creches municipais e passam a frequentar a escola no ano seguinte. Segundo Pernambuco, o atendimento nas creches será interrompido em 15 de dezembro em função das férias escolares. Entretanto, o retorno às aulas nas escolas públicas só aconteceria em 15 de fevereiro, gerando um intervalo de 60 dias sem atividades para as crianças que fazem a transição creche-escola. De acordo com o vereador, diversas mães o procuraram pois não têm onde deixar os filhos durante período tão prolongado. De acordo com o vereador Aparecido Lopes(Cido Urso-PTB), o Executivo vem estudando uma solução para o problema.

Estacionamento da policlínica

Jesus Aparecido (Jesus da Farmácia-PSD) pediu que sejam elaborados estudos para aumentar o número de vagas no estacionamento da policlínica. O vereador afirmou que muitas vezes as vagas são ocupadas por pessoas que estacionam no local para outros fins, prejudicando pacientes que buscam atendimento e não têm onde parar seus veículos.

Jacinta Heijden apresentou três indicações. A vereadora solicitou o término das obras de academias ao ar livre e parques em praças públicas, bem como a manutenção de equipamentos que compõem essas áreas de lazer. Pediu ainda a canalização de águas pluviais para o bueiro situado na rua dos Girassóis, já que há um desnível no local que impede o escoamento correto.

Requisitou também a colocação de um ponto de parada obrigatória de ônibus ao lado dos chalés do Lago do Holandês. De acordo com a vereadora, o pedido foi “externado por moradores do Bairro como forma de facilitar a locomoção e acessibilidade à região central, tendo como argumento principal a subida íngreme sentido bairro ao centro”.

25 anos

Em comemoração ao aniversário de Holambra, que completará 25 anos de emancipação no próximo dia 27, Jacinta resumiu em pronunciamento os conceitos que nortearam a formação do município: ”Nossa base é sólida, nossa alicerce é sólido e a nossa história ensina que se cada um fizer um pouco, dedicar um pouco, dar a sua contribuição, por menor que seja, estaremos engajados em manter a qualidade de vida das futuras gerações.  Holambra é a soma dos pioneiros holandeses e brasileiros, os precursores nesta busca, seus descendentes, dos emigrantes e imigrantes que enxergaram neste pedaço de chão, uma terra promissora”, disse a vereadora.

Jacinta finalizou com uma mensagem que remete ao brasão municipal: “Não esqueçamos jamais o singelo ato da pá cravada neste solo, símbolo do trabalho e da esperança, tendo na fé a busca incansável por dias melhores os quais temos o privilégio de viver nos dias de hoje . Que Deus abençoe sempre o nosso trabalho”.

contas

  

Comentários