Cerca de 100 holambrenses participam de ato de compromisso à bandeira

Cerca de 100 jovens participaram na última sexta-feira, em 15 de setembro, da solenidade de Juramento à Bandeira e entrega dos Certificados de Dispensa de Incorporação. A cerimônia, realizada pela Junta Militar de Holambra, foi realizada no Centro de Cultura e Eventos e contou com a presença de autoridades civis e militares.

O 1º tenente Mateus Dias Maier, da 4ª Delegacia de Serviço Militar de Campinas, responsável pela Junta local, explicou que o ato é um momento de transição na vida dos jovens. “Quando completa 18 anos, o jovem precisa se alistar. Como aqui em Holambra não há organização militar da ativa, ele recebe um certificado de dispensa de incorporação”, disse.

De acordo com ele, sem o documento, não é possível tirar título de eleitor, viajar para o exterior ou prestar concurso público. “É com esse documento que ele pode exercer plenamente a sua cidadania”, concluiu.

O prefeito Fernando Fiori de Godoy, que é também presidente da Junta Militar da cidade, falou durante discurso sobre a importância do ato cívico. “Fazemos questão de fazer essa cerimônia, já é o quinto ano, para mostrar a importância de vocês dentro do contexto em que vivem”, falou aos jovens. “Que vocês não precisem nunca pegar em uma arma. Que a arma que possam conduzir seja a do estudo, a do diálogo. Que sejam bons filhos, bons pais, que trabalhem, que consigam melhorar o nosso Brasil”.

Danilo Augusto Pereira vai completar 18 anos em novembro. Ele falou sobre a importância de participar da solenidade. “É um respeito à pátria. É importante estar em dia com o país. Fora que é um marco estar aqui, cantar o hino, ver o exército. É muito bonito”, contou.

Luan Adrien Goris Vernooy também recebeu o certificado e comemorou a nova fase. “Acho que é muito importante pra cada jovem poder ter a noção do que é a pátria, do que é você ser brasileiro”, falou. “É uma transição para uma nova etapa. Com isso você tem todos os seus direitos consolidados”.

Durante o ato, o estudante Micael Rodrigues de Almeida, do 5º ano da escola municipal Jardim das Primaveras, foi premiado por ter feito a melhor redação entre os alunos que participaram de uma palestra no mês de março sobre as Forças Armadas Brasileiras. A ação fez parte do Projeto Semear, da 4ª Delegacia de Serviço Militar de Campinas.

Matéria: ASCOM

  

Comentários