Ciclo de Debates aborda violência doméstica contra a mulher e a prática pastoral

Os dados de violência doméstica no Brasil são alarmantes. Uma pesquisa encomendada pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública ao Instituto Datafolha, mostra que, 503 mulheres foram vítimas de agressão no país a cada hora em 2016. Outro levantamento feito entre organizações não-governamentais (ONGs) revela que 40% dos registros de violência doméstica contra a mulher envolvem evangélicos ou religiosos. 

Para fomentar o assunto, o Centro Universitário Adventista de São Paulo (Unasp), realiza nesta quarta-feira, dia 29 de novembro, um Ciclo de Debates com o tema “Violência doméstica contra a mulher e a prática pastoral”. Não existem dados específicos sobre violência a mulher entre casais que compartilham ministérios pastorais. No entanto, é um grupo que constantemente trabalha com mulheres envolvidas em conflitos e famílias em situações vulneráveis.

 O encontro inédito na Região Metropolitana de Campinas (RMC) é uma iniciativa da Faculdade Adventista de Teologia (FAT) do Unasp, e vai reunir especialistas, psicólogos, pastores, jornalistas, assistentes sociais e advogados em um debate multidisciplinar sobre a violência doméstica contra a mulher na prática pastoral.

O Além das palestras, os participantes terão a oportunidade de interagir com perguntas aos debatedores. As atividades acontecem no período da manhã no Auditório Central às 10h. Já no período da tarde, o Ciclo de Debates será no Auditório do Residencial Feminino às 14h. O Unasp está localizado na Vicinal Walter Boger, S/n° – em Engenheiro Coelho.

Serviço

O quê: Ciclo de Debates aborda violência doméstica contra a mulher e a prática pastoral

Quando: Quarta-feira, 29 de novembro de 2017

Onde: Unasp – Manhã: Auditório Central / Tarde: Auditório do Residencial Feminino. Vicinal Walter Boger, S/n° – em Engenheiro Coelho.

Horário: Manhã às 10h. / Tarde às 14h.

  

Comentários