Confira as dicas que o SENAC Mogi Guaçu preparou para fazer bom uso do 13º salário

Docente da área de gestão e negócios do Senac Mogi Guaçu dá dicas para usar o benefício com consciência e planejamento

A primeira parcela do 13º salário começa a ser paga ainda em novembro. Esse dinheiro extra é direito de todos os trabalhadores que tiveram aos menos 15 dias de emprego registrado em carteira ao longo do ano, além de pensionistas, aposentados e servidores públicos. Segundo a docente da área de gestão e negócios do Senac Mogi Guaçu, Érica Tatiane Furtado Cirvidiu, a palavra-chave para este momento é planejamento. “Nada de sair gastando esse valor por impulso”, orienta.  E, para ajudar a direcionar o recurso, a especialista reuniu algumas dicas:

1)    Dívidas. “Devem ser priorizadas, pois não há nenhum investimento que garanta uma rentabilidade superior aos juros de cheque especial ou cartão de crédito. Se realizou muitas compras parceladas, pode ver a possibilidade de usar parte do 13º para quitá-las e ter mais tranquilidade em 2019.

2)    Reserva de emergência. “Todos devem pensar em ter uma que cubra pelo menos seis meses do seu custo de vida atual. Isso garante uma estabilidade diante de uma contingência: demissão do emprego, problemas de saúde, necessidade de conserto do carro, manutenção da casa, por exemplo. Se não tiver essa reserva utilize esse dinheiro extra para iniciar uma.

3)    Contas do início de ano. “Pagar IPVA e IPTU à vista não chega a ser vantajoso, pois os descontos são bem pequenos (do IPVA, por exemplo, é só de 3%). Por isso, é mais interessante pagar parcelado mesmo e priorizar o uso dos recursos em outras coisas. Mas, programe-se para conseguir honrar estas contas sem precisar entrar em cheque especial ou fazer empréstimos ao longo dos meses.”

4)    Presentes de Natal. “Os produtos tendem a ficar mais caros nesta época do ano, portanto, se for possível postergar o consumo de alguns itens para janeiro, acredito será possível economizar bastante. Muito cuidado para não se endividar em 2019 para garantir os presentes. Compre itens que caibam no seu orçamento, evitando parcelamento no cartão de crédito. Lembre-se também que além dos presentes, será necessário gastar com as confraternizações. Outra ideia para economizar nos presentes de Natal, é produzir coisas a partir de alguma habilidade, usando seu tempo e criatividade. O valor sentimental de um presente assim é até maior, pois é algo que recebeu tempo e carinho para ser produzido.”

Investimentos

A docente do Senac também disse que um bom destino para o 13º salário é a aposentadoria. “Em razão da provável reforma da Previdência – bastante discutida pela equipe do governo eleito do país –, as condições para se aposentar no futuro serão cada vez mais restritivas, forçando as pessoas a um bom planejamento quanto a isso. Portanto, guardar o 13º é uma ótima oportunidade de iniciar um investimento pensando no futuro.”

E, para quem foi logo pensando em colocar esse dinheiro na poupança, Érica adverte: “A poupança atualmente é um investimento que deve ser descartado, pois tem um rendimento em torno de 0,37% ao mês. Algumas alternativas que se aproximam do conceito da poupança em segurança e que permitem sacar o recurso a qualquer momento são o CDB liquidez diária e investimento no Tesouro Selic (títulos públicos)”, explica.

Vale lembrar que para o CDB é importante pesquisar a rentabilidade que cada banco oferece, pois cada um trabalha com uma taxa diferente. Geralmente bancos maiores oferecem taxas menos atrativas se comparado aos bancos menores ou corretoras de investimentos. Também é importante saber que, diferente da poupança, estes investimentos cobram IOF se forem sacados antes de 30 dias e descontam Imposto de Renda sobre a rentabilidade.

No caso específico da aposentadoria, a docente volta a explicar que há opções de investimento com vencimento futuro (no qual o recurso fica retido), que oferecem taxas de rentabilidade bem mais atrativas. Além disso, ela lembra do investimento em previdência privada.

Serviço:

Senac Mogi Guaçu
Endereço:
 Rua Adelino Damião, 55 – Jardim Paulista – Mogi Guaçu/SP
www.sp.senac.br/mogiguacu

  

Comentários