Curso na Embrapa atualiza diagnóstico, prevenção e controle de doenças de peixes

A Comissão de Ética no Uso de Animais da Embrapa Meio Ambiente (Jaguariúna), em parceria com o curso de pós-graduação em
Biologia Animal da Unicamp, realizou curso em 30 de maio destinado aos alunos pós-graduandos, estagiários e técnicos dos laboratórios que atuam em experimentação com peixes em atualização sobre diagnóstico, prevenção e controle de doenças em peixes.

A programação contou com a palestra de Paulo Sergio Ceccarelli pesquisador aposentado do CEPTA/ICMBio, atualmente é consultor da empresa P.S.Ceccarelli & Cia Ltda., que abordou diagnóstico e prevenção de doenças de peixes. O palestrante e convidados também
relataram experiências e relatos de casos.

Coordenado pelos pesquisadores da Embrapa Meio Ambiente Márcia Ishikawa, responsável técnica veterinária e Julio Queiroz e pela
Profa. Marlene Ueta, da Unicamp, também contou com participação dos membros da CEUA e pesquisadores da Embrapa e Agência Paulista deTecnologia dos Agronegócios (Apta), piscicultores da Associação Paulista de Piscicultores (ASPI), além de produtores e profissionais autônomos.

Segundo Márcia, o curso, muito produtivo, permitiu, além da atualização sobre prevenção e diagnóstico de doenças de peixes, a
troca de experiências e de muito aprendizado prático sobre manejo sanitário, saúde e produção de peixes. “Os participantes tiveram a oportunidade de interagir com profissionais e consultores do setor produtivo, além dos próprios piscicultores”, enfatiza a pesquisadora.

“Além conhecer sobre os mais de 30 anos de experiência do palestrante e tirar dúvidas junto com os técnicos e
piscicultores o curso deixou a sensação de missão cumprida”, continua Márcia. “Mas com a certeza da importância e necessidade de novos eventos para fortalecer os trabalhos em parceria entre pesquisadores, professores, produtores, técnicos e alunos. Pelas avaliações e contribuições dos participantes, pode-se concluir que atendeu à expectativa de todos, mas foi unanimidade de que um próximo deverá ocorrer em breve”, conclui.

  

Comentários