Educação de Holambra supera meta do IDEB prevista para 2021

A rede municipal de educação de Holambra superou, em 2015, a meta de desempenho estipulada para 2021 na Prova Brasil, aplicada a alunos do 5º e 9º anos no ano passado. A cidade alcançou nota 6.7 no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB) para estudantes do 5º ano e 5.2 para alunos da última série do ensino fundamental – acima da média estadual, de 6.4 e 5.0, e da média nacional, fixada em 5.5 e 4.5, respectivamente. Os dados foram divulgados ontem, dia 8 de setembro, pelo INEP.

A comparação com a última edição da Prova, realizada em 2013, também é positiva. Na ocasião, Holambra obteve nota 6.1 entre alunos do 5º e 4.4 entre os estudantes do 9º ano. A unidade Jardim das Primaveras, instalada no Centro da cidade e avaliada desde 2005, obteve a maior média de sua história, com nota 6.7. A escola Recanto das Palmeiras, por sua vez, alcançou 6.2, superando sua primeira avaliação de 5.9 em 2013.

No fundamental II, as escolas Jardim Flamboyant e Parque dos Ipês melhoraram suas notas em relação à avaliação de 2013. A primeira partiu de 5.2 para 5.6 e a segunda de 4.1 para 5.0.

De acordo com a diretora municipal de Educação, Fabiana Alves Camilo, o resultado reforça avanços importantes conquistados ao longo dos últimos anos. Ela lembra que, em 2015, o município atingiu 95,7% de alfabetização no 3º ano e Conceito A em Educação no Índice de Efetividade da Gestão Municipal (IEGM), do Tribunal de Contas.

“A educação de Holambra é diferenciada. Os profissionais da rede municipal são extremamente dedicados e comprometidos com a formação dos estudantes desde os primeiros anos”, comentou. “Além disso, estamos investindo ano a ano um percentual expressivo do orçamento nesse setor, muito acima dos 25% determinados pela Lei”.

Segundo a diretora, o IDEB de 2015 é um indicativo de que o trabalho vem avançando e produzindo efeitos diretos dentro das salas de aula. “Estamos muito felizes por termos melhorado o desempenho, superado as metas e por estarmos mais uma vez com nossa Educação acima da média de São Paulo e do Brasil”.

Matéria: Prefeitura de Holambra

educacao1

  

Comentários