Em noite de homenagens, Banda Lira celebra 110 anos

Surpresa: maestro Maurício Perina passa a dar nome ao Viva Música

O salão social do Tênis Clube de Itapira foi palco de um evento solene que marcou a comemoração do aniversário da Banda Sinfônica Lira Itapirense, na noite de quarta-feira (10). Na data, a corporação celebrou seus 110 anos de história, cuja fundação oficial remete ao dia 10 de abril de 1909. Na ocasião, além da apresentação dos trabalhos desenvolvidos pela Banda Lira, também foram lançados os selos comemorativos dos 110 anos, que agora passam a ilustrar os materiais de divulgação e institucionais da instituição.

Além disso, o evento celebrou as comemorações de 20 anos do Projeto Escola de Música, iniciado em 1999. A noite ainda contou com uma grande e emocionante surpresa: a homenagem ao maestro Maurício Perina, que também completou duas décadas de atuação à frente da Banda Lira Itapirense. A partir de agora, o conhecido regente da corporação passa a empresar seu nome ao Projeto Viva Música. Ao todo, mais de 350 convidados prestigiaram o evento, superando as expectativas iniciais da produção.

A avaliação, segundo Perina, não podia ser melhor. “Ainda me sinto anestesiado pelos acontecimentos. Uma noite que ficará marcada em minha vida, pois tenho muito ainda a fazer pela Banda Lira e por nossa comunidade, e mesmo assim tive o sentimento do dever cumprido. É maravilhoso ser reconhecido pelo trabalho feito com base na ética, no amor e no respeito que tenho pela música”, comentou.

De acordo com ele, o evento especial reuniu alunos, músicos, autoridades, colaboradores e parceiros com o objetivo de celebrar a história da corporação. “Mas acabei sendo surpreendido pela diretoria e pelos professores com a linda homenagem, dando meu nome ao Projeto Viva Musica. Minha gratidão eterna a todos por essa homenagem. Este é um ano muito especial para mim, pois além dos 110 anos da Banda Lira e dos 20 anos da Escola de Música, também comemoro meus 40 anos de carreira musical profissional”, completou Perina.

Representantes do Laboratório Cristália, empresa parceira da Banda Lira, também prestigiaram o evento solene, além de secretários municipais e vereadores. A abertura da noite contou com a execução do Hino Nacional Brasileiro e do Hino de Itapira. O cerimonial registrou discursos do presidente da Banda Lira, Luiz Fernando de Almeida, além do secretário municipal de Cultura e Turismo, Ricardo Pecego, do prefeito José Natalino Paganini (PSDB), além do presidente da Câmara Municipal, Luan Rostirolla (PRB). “Todos eles destacaram pontos da história da Banda, demonstrando grande conhecimento sobre a trajetória da instituição, além de enfatizarem a transparência dos atos, o comprometimento com as atividades e com a prestação de contas. Isso nos deixou muito felizes”, enfatizou a diretora artística Tamires Ponces.

A programação envolveu ainda a execução do Hino da Banda Lira e do dobrado em celebração ao cinquentenário da corporação, bem como apresentações dos alunos do projeto Escola de Música, Viva Música e Banda Escola, além do Coral Flor de Lira. Espaço ainda para uma apresentação de dança conhecida por “sasa”, que remete à cultura das Ilhas de Samoa, na Oceania. Por fim, a Banda Sinfônica apresentou mais três peças. O ato solene foi o primeiro de uma série de eventos que deverão ser promovidos pela Banda Lira em comemoração aos seus 110 anos de história.

Para a próxima quinta-feira (18), por exemplo, já está confirmada a abertura da exposição ‘A Lira dos 110 anos’ no Museu Histórico e Pedagógico ‘Comendador Virgolino de Oliveira’, no Parque Juca Mulato. O evento, às 19h30, contará com apresentação da Banda Lira em formato de Banda de Coreto, como era em seus primeiros anos. Depois, a mostra poderá ser visitada gratuitamente até o dia 28 de junho. O acervo reúne fotografias, fardas e instrumentos originais, além de documentos e reportagens.

HISTÓRIA

A Banda Lira Itapirense é uma das mais antigas bandas em atividade ininterrupta no país. Desde sua fundação em 10 de abril de 1909 vem prestando serviços à comunidade de Itapira e região, e com orgulho cumpre com seu papel de utilidade pública, participando ativamente de eventos cívicos, culturais, religiosos, concertos didáticos e festas populares, tendo uma média de sessenta apresentações anuais.

Em 1970 foi declarada de Utilidade Pública Municipal. Em 2014 transformou-se em Banda Sinfônica e, mais recentemente, em 2017, passou a ser reconhecida pelo Ministério da Justiça como OSCIP – Organização da Sociedade Civil de Interesse Público. Embora tenha se modernizado, a Banda Lira ainda preserva suas tradições, impactando diretamente na cultura local.

Pautada pela qualidade e excelência musical, o trabalho da corporação é construído constantemente com base na democratização do acesso e facilitação aos bens culturais, bem como na fruição e reflexão da cultura musical em suas mais variadas formas de criação, construção e contextualização, impulsionada pela busca de novos saberes, essenciais para a relação humana, social e artística.

Diversos programas mantidos pela Banda Lira reforçam seu caráter social, entre eles os projetos Escola de Música e Viva Música, desenvolvidos em parceria com a Prefeitura através das secretarias municipais de Cultura e Turismo e de Promoção Social. A corporação tem ainda como parceira a empresa Laboratório Cristália. Mais informações podem ser obtidas pelo site oficial www.bandaliraitapirense.org.br. As atividades também podem ser acompanhadas pela página no Facebook (www.facebook.com/bandaliraitapirense). A sede fica na Rua Comendador João Cintra, 41, no Centro. Informações também pelo telefone (19) 3813-3330 ou pelo e-mail contato@bandalira.org.br.

 


Comentários