Em seis meses, Guarda Municipal de Mogi Mirim amplia o atendimento em 28,7%

Atendendo a um requerimento da vereadora Luzia Cristina, o Secretário de Segurança Pública de Mogi Mirim, Luiz Carlos Pinto, esteve na Câmara Municipal na segunda-feira (5) – acompanhado de sua equipe – para apresentar as estatísticas de atendimentos da GCM (Guarda Civil Municipal), Bombeiros e Defesa Civil no primeiro semestre de 2021.

De janeiro a junho deste ano, a GCM atendeu um total de 1.264 ocorrências, 282 a mais que no mesmo período do ano passado, o que representa ampliação de 28,7% nos atendimentos.

Aumento semelhante ocorreu nos atendimentos dos bombeiros e da Defesa Civil. Foram 1.002 atendimentos de janeiro a junho deste ano, enquanto no ano passado foram apenas 821. Portanto, ampliação de 22%.

As equipes da Secretaria de Segurança Pública também aumentaram os trabalhos educativos e tiveram maior efetividade na orientação à população em relação à pandemia de Covid-19.

“A boa notícia é que Mogi Mirim não registrou aumento na criminalidade. O que ocorreu foi que a Secretaria de Segurança Pública foi melhor reestruturada, de acordo com o plano de governo da atual administração”, argumentou a coordenadora da Patrulha Maria da Penha, Elaine Cristina Navarro.

Somente no primeiro semestre, a reestruturação da GCM englobou a ampliação das rondas na Zona Rural, a implantação do serviço de atendimento à mulher vítima de violência através da Patrulha Maria da Penha, a implementação de uma base móvel no Distrito de Martim Francisco e uma nova metodologia de trabalho nas viaturas de Romu (Ronda Ostensiva Municipal).

 

 

 

 

  

Comentários