Encontro no Balneário Municipal no Natal foi dentro da total legalidade, afirma Prefeitura

A Prefeitura de Artur Nogueira disse que a aglomeração de jovens e adolescentes no Balneário Municipal Guilherme Carline, na madrugada do último sábado (25), dia de Natal, foi feita “dentro da total legalidade”, e que “A Constituição Federal permite toda e qualquer forma de reunião pacífica”.

Os jovens começaram a chegar ao local no início da madruga. Eles estavam a pé, de moto ou de carro, e se reuniam em vários locais do Balneário. Além do sons de carros, muitos motoqueiros estralavam seus escapamentos, fazendo barulhos estarrecedores, segundo moradores do entorno.

A “reunião” aconteceu em meio a pandemia da Covid-19 e ao aumento de casos de síndromes respiratórias que estão levando muitos moradores a procurarem os serviços de saúde.

Na manhã de Natal o que se viu foi o local tomado pelo lixo deixado pelos participantes do encontro. Funcionários da Prefeitura estiveram no Balneário para recolher todo o material descartado pelos jovens.

Apesar de ter sido considerado dentro da legalidade, o encontro causou reclamação de moradores que foram as redes sociais criticar o evento.

A Prefeitura de Artur Nogueira, no entanto, chamou o encontro de reunião para comemorar o Natal e que o mesmo ocorreu dentro da total legalidade.

“A Constituição Federal permite toda e qualquer forma de reunião pacífica. A reunião em questão, para comemorar o Natal, foi feita em espaço público, portanto dentro da total legalidade”, pontuou a administração pública.

A Prefeitura não disse se houve alguma ação por parte da Guarda Municipal no dia do evento para impedir possíveis excessos dos frequentadores.

  

Comentários