Etapa da Stock Car atrai público de outros estados para Mogi Guaçu

Paulistas, mineiros, cariocas e paranaenses. A etapa da Stock Car disputada em Mogi Guaçu, neste final de semana, foi mais um sucesso em matéria de organização e presença de público. O autódromo do Velo Città recebeu pessoas de todas as idades e de várias partes.

A prova deste ano foi marcada por muitas novidades. As arquibancadas foram reposicionadas e garantiram melhor conforto das pessoas presentes. Aliás, o público foi bem variado. “Vim ontem (sábado) do Rio de Janeiro só pra ver a corrida de hoje (domingo)”, disse o carioca Cléber Augusto de Farias Cardoso, que costuma acompanhar a principal categoria do automobilismo nacional.

A presença de público variado contribuiu para o esgotamento de vagas da rede hoteleira regional. Pilotos, mecânicos, dirigentes das equipes, organizadores, patrocinadores e imprensa formaram um contingente aproximado de 1.200 pessoas que trabalham no chamado “circo” da Stock Car, ocupando hotéis da região.

Todo esse sucesso ajudou a fortalecer o Velo Città como um dos principais endereços do automobilismo nacional. Mogi Guaçu ganhou com a vinda da etapa da Stock Car por mais um ano. Sucesso que deve se repetir nos próximos anos, segundo antecipou diretores da Vicar, empresa que promove a Stock Car no Brasil.

A expectativa é melhorar ainda mais o acesso do público, ampliar a estrutura de arquibancadas e proporcionar uma experiência única para os amantes da velocidade. Dentre figuras ilustres presentes na cidade estiveram os ex-pilotos Ingo Hoffmann e Chico Serra, o narrador Galvão Bueno, pai do piloto Cacá Bueno, e o ex-jogador Fábio Luciano, que atuou pelo Corinthians e Flamengo.

  

Comentários