Funcionárias da Saúde passam por treinamento para a realização de exames de Covid-19 | Mogi Guaçu

Funcionárias da Atenção Básica e da Penitenciária Feminina de Mogi Guaçu passaram por treinamento para a realização de exames da Covid-19 com o aparelho fornecido pela Hilab nesta quinta-feira, 24. Para Mogi Guaçu, foram disponibilizados dois equipamentos de testagem.

A iniciativa faz parte de uma parceria entre o Instituto Butantã, o Laboratório Hilab e a Secretaria do Estado de Saúde e não gera custos ao município. A adesão a este método de realização de exames poderia ser feita através de uma solicitação encaminhada ao Instituto Butantã.

A Secretaria de Saúde de Mogi Guaçu optou por aderir pois, com o aparelho, haverá ampliação na testagem e será possível realizar o diagnóstico do coronavírus no município.

Os aparelhos que serão usados são móveis e funcionam como um laboratório portátil. Os equipamentos se conectam através da rede Wifi e com um celular ou computador utilizado por uma funcionária é possível visualizar e inserir dados pessoais dos testados para obter dados mais precisos e seguros.

As funcionárias realizarão apenas a coleta do exame, já que todos os resultados serão processados pelo laboratório. Com a testagem, será possível verificar se o paciente já contraiu ou se está com o novo coronavírus através do IgG e IgM.

A realização dos testes começa na próxima segunda-feira, 28, e a secretaria tem dois meses para concluir a testagem. No total, 4.150 testes estão disponíveis e até três exames podem ser feitos simultaneamente com o auxílio do equipamento. Os resultados saem em até 24 horas e os testados receberão uma notificação pelo celular e/ou e-mail.

Estão cadastrados para passar pelo procedimento os profissionais da saúde, segurança pública, profissionais e população privada de liberdade, trabalhadores de funerárias e coveiros, motoristas de transporte coletivo, profissionais da limpeza pública e da cooperativa de catadores de recicláveis.

Os testes serão realizados em pessoas que estão assintomáticas e, caso no momento do exame o testado apresente algum sintoma, serão adotadas as medidas que já estão em vigor no município, como a realização do teste PCR.

  

Comentários