Governador prorroga quarentena até 15 de junho e flexibilização a partir de 1º junho

Em entrevista coletiva nesta quarta feira, 27, o Governador do Estado de São Paulo João Doria (PSDB), anunciou que estenderá a quarentena até o próximo dia 15 de junho, como medida de combate ao novo coronavírus. Segundo o governador a partir do dia 1º de junho haverá uma flexibilização do isolamento social, com o retorno de atividades econômicas em fases de escalonamento.

Essa fase recebeu o nome de “Retomada Consciente”. A medida será avaliada diariamente e as retomadas das ações poderão ser mais restritivas se necessário, afirmou Doria. “Se for necessário retroceder e retomar medidas não hesitará em fazê-lo para salvar vidas”, comentou na entrevista.

O plano de retomada das atividades econômicas dividirá o estado em cinco fases e enquadrando as a regiões conforme os índices de contaminação.  Cada fase autorizará a liberação de funcionamento de determinadas atividades. As vertentes para abertura de cada setor econômico irá variar (normal ou com restrições)

A grande São Paulo entra na chamada fase 2, de liberações eventuais, liberando as atividades de indústria não essenciais e construção Civil.  Ficando de fora a reabertura de espaços públicos, bares, restaurantes, academia, teatro, salão de beleza, cinema e eventos onde haja uma grande aglomeração, assim como espaço esportivo.

Fases

Fase 1 – LIBERAÇÃO APENAS DE SERVIÇOS ESSENCIAIS

Somente os serviços essenciais. Regiões: Baixada Santista, Grande São Paulo, Registro (Vale do Ribeira).

Fase 2 – LIBERAÇÕES EVENTUAIS, MOMENTO DE ATENÇÃO DA PANDEMIA.

Aberto com restrições: Escritórios, comércio, concessionária de veículos, shoppings e atividades imobiliárias. Regiões: Araçatuba, Campinas, Franca, Marília, Piracicaba, Ribeirão Preto, São João da Boa Vista, São José do Rio Preto, Cidade de São Paulo, Sorocaba e Taubaté.

Fase 3 – MAIOR LIBERAÇÃO DE ATIVIDADES, MOMENTO CONTROLADO DA PANDEMIA.

Aberto com restrições: bares e restaurantes, comércio, shoppings e salões de beleza. Aberto sem restrições: atividades imobiliárias, concessionária de veículos e escritórios. Regiões: Araraquara, Barretos, Bauru, Presidente Prudente e São Carlos.

Fase 4 – MENORES RESTRIÇÕES, MOMENTO DECRESCENTE DA PANDEMIA.

Aberto com restrições: Bares e restaurantes, comércio, shopping, salões de beleza e academia. Aberto sem restrições: atividades imobiliárias, concessionária de veículos e escritórios. Regiões: NENHUMA

Fase 5 – LIBERAÇÃO DE TODAS AS ATIVIDADES COM PROTOCOLOS, MOMENTO DE CONTROLE DA PANDEMIA

As atividades podem ser retomadas. Regiões: NENHUMA.

 

  

Comentários