Grupo Swart apresenta Kalanchoe Sophisticated Pink e Rosa Déjà Vu durante o Enflor

Um dos maiores produtores de rosas e kalanchoes do Brasil, o Grupo Swart, foca em duas variedades em seu estande no 25º Enflor e na 13ª Garden Fair: a Sophisticated Pink, de kalanchoe de corte, e a rosa Déjà Vu, cuja produção estará disponível no mercado no final do ano.

Reconhecido pela qualidade e durabilidade das flores que produz, o Grupo Swart aposta na Sophisticated Pink e na Déjà Vu para compor a sua ampla linha de produtos distribuída para floristas, artistas florais e decoradores de todo o Brasil por meio da Cooperativa Veiling de Holambra.
Outubro rosa

A variedade Sophisticated Pink do kalanchoe de corte é uma aposta do Grupo Swart para o Outubro Rosa. As pequeninas e delicadas flores têm entre cinco e seis camadas de pétalas e abrem-se de maneira simétrica, como que intercaladas, com bordas semipontiagudas, como que estilizadas em coração. Sua haste pode chegar a até 50 cm.
Essa variedade foi desenvolvida pela empresa de melhoramento genético Knud Jepsen, da Dinamarca. Seu maior diferencial é a resistência ao hormônio do envelhecimento (etileno), o que faz com que dure de quatro a cinco semanas em um vaso com água, apenas. Na versão de corte, os kalanchoes podem ser usados na forma de buquês ou em arranjos florais, compondo ou não com outras flores. Na composição com as rosas, resultam em arranjos encantadores.

Déjà Vu 
A rosa Déjà Vu é amarela com uma delicada borda vermelha. Esse contraste alegre amplia as possibilidades decorativas para o seu uso tanto individual como na composição de arranjos com outras flores e folhas. O Grupo Swart passou a produzi-la este ano, em uma de suas unidades na Serra de Ibiapaba, no Ceará. A cor amarela veio para complementar o portfólio de rosas coloridas.

Criada pelo breeder  (melhorista) Schreurs, com sede em De Kwakel, na Holanda, e com subsidiárias no Quênia, Equador e Colômbia, essa variedade caracteriza-se pelos grandes botões (com diâmetro de 8 cm a 10 cm e tamanho de 4 cm a 5 cm de comprimento) e suas muitas pétalas (entre 30 e 35).
No Enflor, os kalanchoes serão apresentados no estande do Grupo Swart com decoração criada pelos artistas florais Doryan Scheltinga e Alexandre Prado, da Shalom Design Floral e Decorações. Sobre os destaques de arranjos de rosas e kalanchoes penderão lâmpadas retrôs, cuja transparência permite a exibição de seus filamentos amarelados de carbono, dando vida ao espaço.
As demais variedades de rosas e kalanchoes também estarão individualizadas e identificadas em vasos menores. Nas laterais, os Magnets kalanchoes (vasos cerâmicos com ímãs para os mini kalanchoes) colorem as placas penduradas no teto.

Rosas e Kalanchoes
As rosas do Grupo Swart são cultivadas nas unidades de Andradas (MG) e Ubajara (CE). Elas são encontradas nas variedades Peach Avalanche, Candy Avalanche e Shock Avalanche, Revival, Rock Star, Ipanema, Samouraime Déjà Vu.

Já os kalanchoes, também conhecidos como flor-da-fortuna e calandiva,são produzidos em duas unidades, em Holambra nas variedades de corte  – Adorable Pink, Blossom Pink, Lovable Pink e Vintage Pink (tons de rosa), Spring Yellow e Warm Yellow (amarelas), Tender White (brancas), Fascinating Red (vermelha), e o Fall (laranja)  –  e de vaso  – nas cores branco, amarelo, laranja, rosa claro, pink e vermelho.

Sobre o Grupo Swart
O Grupo Swart é referência nacional no cultivo de rosas de corte e de kalanchoes, sendo considerado um dos principais produtores de flores de alta qualidade do Brasil. Em suas quatro unidades produtivas, duas de kalanchoes em Holambra, uma de rosas em Andradas (MG), e, outra, em Ubajara (CE), o Grupo produz cerca de 16,1 milhões de rosas e 5,8 milhões de vasos e 38.400 maços de kalanchoes por ano, comercializados para todo o Brasil por meio da Cooperativa Veiling de Holambra.

Todos os cultivos são feitos em estufas climatizadas, adequadas às necessidades de cada cultura. O sucesso da marca Swart deve-se a três importantes fatores: decisão de produzir apenas flores de alta qualidade; escolha correta das áreas de produção; e a realização de parcerias com importantes breeders (melhoristas) europeus. Essas parcerias permitem a manutenção da qualidade das flores e o lançamento recorrente de novidades em variedades.

  

Comentários