Hamilton revela propósito além de título da F1: “Não ser apenas um piloto”

Britânico da Mercedes está em busca do octacampeonato na temporada 2022 da categoria, apesar de começo difícil da equipe alemã

Lewis Hamilton e a Mercedes tiveram um lampejo de êxito com o terceiro lugar no GP do Bahrein da Fórmula 1 no último domingo, apesar do começo tortuoso de temporada do time – que sofre com problemas no carro de 2022. Ambos não desistiram da luta pelo título deste ano, restando ainda 22 rodadas para a decisão do campeonato, mas o heptacampeão tem outros objetivos em sua carreira.

– Comecei a pensar que estou vencendo esses campeonatos, mas o que isso significa? Eles são gratificantes, mas não estão mudando nada. Não mudam o mundo, o fato de que ainda temos guerras, injustiças raciais, de que pessoas ainda estão sendo abusadas e toda sorte de coisas. Então para o que vamos usar essa plataforma? Eu descobri meu propósito, e não é ser apenas um piloto – revelou.

Lewis Hamilton, da Mercedes, no GP do Bahrein da F1 2022 — Foto: Dan Istitene – Formula 1/Formula 1 via Getty Images

Único piloto negro do grid da F1, Hamilton tem se tornado cada vez mais vocal para trazer luz aos problemas da falta de diversidade na categoria há, pelo menos, quatro anos.

Seus esforços se intensificaram em 2020 em resposta ao homicídio do afro americano George Floyd e foram ao encontro do posicionamento adotado pela Mercedes, que vem promovendo uma série de iniciativas e apoiando o heptacampeão em seus esforços em prol de igualdade no esporte.

  

Comentários