Holambra tem baixa procura por vacina em Dia V e registra 61 novos casos nesta semana

O Dia V de Vacinação levou 201 pessoas aos PSFs Imigrantes e Santa Margarida no último domingo, dia 12 de junho, no período das 8h às 13h. Foram distribuídas 1ª ou 2ª dose de imunizantes contra a Covid-19 para moradores acima dos 5 anos e 3ª dose para holambrenses com mais de 12. A 4ª dose foi aplicada em profissionais da saúde e pessoas com 50 anos ou mais que tomaram o reforço há, pelo menos, 4 meses.

“É um número que consideramos baixo. Como em todo o país, estamos observando um aumento no número de casos da doença. Felizmente as internações não sobem na mesma proporção, justamente em função da vacina”, explicou o diretor municipal de Saúde, Valmir Marcelo Iglecias. “Por isso é fundamental que quem ainda não recebeu a 3ª dose e quem já está apto a tomar a 4ª procure a unidade de saúde. Não dá para relaxar neste momento”.

A imunização ocorre regularmente na cidade às segundas e quartas-feiras, das 8h às 12h e entre 13h e 15h nos PSFs Imigrantes e Santa Margarida. No Palmeiras, a aplicação das doses é realizada às terças-feiras, entre 8h e 12h. No Fundão, também na terça-feira, das 13h às 15h. São distribuídas 1ª ou 2ª dose para moradores acima de 5 anos e 3ª dose para holambrenses com mais de 12. A 4ª dose é aplicada em profissionais da saúde e pessoas com 50 anos ou mais que tomaram a 3ª dose há, pelo menos, 4 meses. Para a imunização é necessário apresentar documento oficial com foto. No caso de 2ª, 3ª ou 4ª dose é preciso levar ainda o comprovante de vacinação anterior. Menores de idade devem levar documento oficial com foto, CPF ou Cartão SUS. Na ausência do pai, mãe ou responsável legal é necessário apresentar o termo disponível em www.holambra.sp.gov.br, na aba Serviços, Vacina: Termo de autorização.

Dados do Vacina Já, do Governo do Estado, mostram que Holambra imunizou 100,6% dos holambrenses com a 1ª dose do antígeno contra a Covid-19. Ainda segundo o portal, 94,98% dos moradores receberam o complemento ou vacina de dose única. 69% tomaram o reforço do imunizante. O percentual apontado pelo sistema diz respeito ao número de doses aplicadas em relação à estimativa total de habitantes elegíveis.

Balanço da pasta divulgado nesta quinta-feira, dia 15 de junho, revela a confirmação de 61 novos casos da doença ao longo desta semana. A cidade contabiliza, desde março de 2020, 4.392 registros e 20 óbitos. O bairro Imigrantes soma 1.126 confirmações, seguido do Fundão com 389 e do Groot com 379.

A orientação para quem apresentar sintomas gripais leves é ir até a unidade de saúde mais próxima de casa. Já pessoas que tiverem febre alta persistente e dificuldade para respirar devem procurar o atendimento de urgência e emergência na Policlínica Municipal.

  

Comentários