Hospital Municipal “Dr. Tabajara Ramos” passará a contar com unidade de radioterapia

O Ministério da Saúde confirmou a contratação da empresa que ficará responsável pela construção e instalação de equipamentos do serviço de radioterapia no Hospital Municipal “Dr. Tabajara Ramos”. O investimento com a obra será de R$ 5.556.000,00.

O extrato do contrato 78/2018 foi publicado na edição 184 Diário Oficial da União, no dia 24 de setembro, seção 3, página 85. A empresa Ediza Incorporação ficará responsável pela execução da obra localizada em anexo ao prédio do HM, onde existe o estacionamento de veículos, em frente à entrada principal.

O contrato tem vigência de um ano, com término previsto em 20 de setembro de 2019. A construtora ficará responsável pela entrega da obra onde funcionará o serviço de radioterapia, que eleva o grau de excelência do serviço municipal de saúde no atendimento a pacientes do setor de oncologia.

Mogi Guaçu já é referência no atendimento de pacientes da Unacon para quimioterapia. Em 2017, o setor de oncologia do HM foi responsável por 7 mil atendimentos ambulatoriais. Os pacientes de Mogi Guaçu e região são encaminhados pela DRS (Diretoria Regional de Saúde) de São João da Boa Vista para o Hospital Municipal.

Já os pacientes atendidos pela radioterapia são encaminhados pela DRS para hospitais de São João da Boa Vista e Campinas, por exemplo. A expectativa é que a maior parte destes atendimentos ocorra dentro do HM, a partir da conclusão desta importante obra para a saúde pública municipal.

O serviço de radioterapia vinha sendo pleiteado há alguns anos pela Administração Municipal. Por diversas vezes o prefeito Walter Caveanha, a secretária municipal de Saúde, Clara Alice Franco de Almeida Carvalho, e o superintendente do Hospital Municipal, José Carlos De Carli Júnior, estiveram no Ministério da Saúde, em Brasília, para reforçar o interesse de Mogi Guaçu em contar com este serviço.

No dia 24 de outubro ocorre a assinatura formal do termo de compromisso da implantação do serviço de radioterapia no Hospital Municipal. Um representante do Ministério da Saúde estará na cidade.

A implantação do serviço de radioterapia ocorre ao mesmo tempo em que o Município se prepara para a implantação do curso de Medicina na Faculdade Municipal “Professor Franco Montoro”. O Hospital Municipal servirá como hospital escola para a preparação de novos profissionais para o mercado de trabalho.

  

Comentários