Instituto Balangandã novamente recebe apoio de empresas através do ProAC

Projeto cultural em Itapira também ganhou reforço com apoio da Funarte

 

O Instituto Balangandã novamente foi contemplado pelo ProAC (Programa de Ação Cultural do Estado de São Paulo) para continuar promovendo atividades de música, movimento e linguagem de forma acessível em Itapira.

 

Graças ao patrocínio das empresas Haes Brasil e Laboratório Cristália, o projeto de musicalização e canto coral será oferecido de forma gratuita aos alunos durante todo o ano de 2020.

 

“Assim como ocorreu em 2018 e 2019, com o patrocínio das empresas poderemos manter por mais um ano a gratuidade nas atividades que oferecemos”, comenta Paulo Bazani, gestor de projetos da Progescult – Gestão de Organizações e Projetos, responsável pelo Instituto Balangandã.

 

De acordo com ele, os patrocínios das empresas itapirenses através do ProAC vai permitir a oferta de aproximadamente 140 vagas a crianças e adolescentes. “Além do reconhecimento pelo trabalho realizado por parte dos patrocinadores, essas atitudes de investimento sociocultural e educacional por parte das empresas possibilita a manutenção de importantes iniciativas como a do Balangandã”, ressalta Bazani.

 

A coordenadora artística do instituto, Letícia Fernandes, lembra que o Balangandã tem a missão de estimular potencialidades de cada indivíduo, proporcionando vivências por meio de práticas musicais e corporais que buscam o resgate e continuidade de brincadeiras e músicas inspiradas principalmente no repertório da cultura da infância ncia e do folclore brasileiro.

 

“Com isso, temos o objetivo de tornar o Instituto Balangandã reconhecido pelas práticas socioculturais desenvolvidas e pela geração de valor social. E é graças a programas e incentivadores como estes que chegamos cada vez mais perto de nossas metas”, destaca.

 

MAIS APOIO

 

Além de ser contemplado novamente pelo ProAC, o Instituto Balangandã também comemora a conquista de apoio do Prêmio Funarte por meio do edital ‘Descentrarte’. O projeto de Canto Coral Cênico mantido pelo Balangandã foi contemplado no segmento de artes integradas entre 24 outros projetos selecionados em um concurso aberto a proponentes de todos os municípios brasileiros com população entre 50 e 100 mil habitantes.

 

O projeto também começa em 2020, com foco nas atividades de Canto Coral Cênico para crianças e adolescentes de 9 a 18 anos. As aulas também serão gratuitas, com matrículas em janeiro. “Esse prêmio da Funarte será muito importante como complemento aos recursos obtidos via ProAC, que não atingiram o valor necessário para a execução total do cronograma”, enfatiza Bazani.

 

De acordo com os gestores, o Balangandã ainda possui projetos aptos à captação de recursos e que podem ser apoiados por empresas locais, sem que precisem desembolsar um único centavo. Isso pelo fato de que os patrocínios ocorrem por meio de mecanismos de incentivos fiscais, com o valor patrocinado sendo integralmente abatido dos impostos pagos.

 

Os interessados em firmar parceria com o Balangandã podem manter contato pelo e-mail contato@balanganda.art.br ou pelo telefone/WhatsApp (19) 9.8110-8181. Mais detalhes também no site www.balanganda.art.br ou nas redes sociais – www.facebook.com/institutobalanganda www.instagram.com/institutobalanganda. O Instituto Balangandã fica na Rua Regente Feijó, 226, no Centro.

  

Comentários