Mariano Franco – o Homem por trás da Política

Filhos do já saudoso Mariano Franco, primeiro prefeito de Engenheiro Coelho, falam com exclusividade ao Portal O Regional

Foto: Arquivo de Família

Nascido em 07 de abril de 1944,  em Guaiquica, antigo nome de Engenheiro Coelho, Mariano Franco foi o primeiro prefeito do Município. Franco foi eleito em 1993, logo após a emancipação da Cidade.

O  vencedor da primeira eleição era um apaixonado pela política, amava a vida e a todos em sua volta, assim classifica a técnica ambiental, Janete Franco Fonseca, de 50 anos, filha do já saudoso ex-prefeito.

“Meu pai amava a política, ele era um  homem muito compromissado e tudo que fazia, fazia sempre com muito amor”, destaca.

Foto: Arquivo de Família

Além disso, segundo a técnica, como pai,  Mariano era um ser exemplar e muito amoroso, mas que acabava ficando um pouco ausente por causa da política, “Meu pai foi um grande homem, um excelente pai, um pai muito amoroso e bondoso, ele era um pouco ausente, mediante o seu envolvimento na política, mas todos nós fomos totalmente amados por ele”, afirma.

Foto: Arquivo de Família

Já o eletricista Maurício Franco de Oliveira, 49 anos, disse que a perda significativa não é só para a família, mas também para todo o município, no qual Mariano fez história, “o pai, além de tudo que a Janete já colocou,  era uma pessoa extremamente brincalhona, queria todos bem, amava as pessoas, tinha preocupação com o bem estar de cada um. Não é só a gente que perde com a partida dele, mas também esse grande município que ele ajudou a construir.  O que resta agora, o que fica é a história”, disse emocionado o eletricista.

Foto: Arquivo de Família

Já há algum tempo Mariano vinha tratando da saúde, segundo a família, mas a situação agravou-se ao ser infectado pela Covid-19. O ex-prefeito deu entrada no hospital Santa Casa de Limeira após passar mal na terça-feria (25), na quarta-feira, por volta das 16h30, veio a falecer por complicações do Covid.

Em reconhecimento aos trabalhos de Mariano Franco em prol de Engenheiro Coelho, a Prefeitura decretou luto de três dias no Município. Além disso, ainda na tarde de quarta-feira, uma carreata em homenagem a Franco foi realizada nas ruas da Cidade.

Foto: Arquivo de Família

De acordo com a família, o sepultamento deu-se um pouco além das 17h30. Devido a causa da morte ter sido por complicações do coronavírus SARS-CoV-2, não foi possível a realização de velório.

Mariano Franco que  também foi subprefeito da cidade em 1982, quando ainda Engenheiro Coelho ainda não era município, tinha 78 anos, deixa a esposa Célia Franco de Oliveira e três filhos Janete Franco, Maurício Franco e Leila Karina Lopes.  E claro, muita história a ser lembrada por todos os coelhenses que o conheceram e viveram sob sua administração.

Foto: Arquivo de Família

Mariano Aparecido Franco de Oliveira, administrou o Município em duas oportunidade 1993 até 1997 e depois de 2005 à 2008.

 

 

Por: Márcio Nato Rodrigues
  

Comentários