Mesa diretora da Câmara devolve à Prefeitura R$200 mil economizados no primeiro semestre

A mesa diretora da Câmara Municipal de Jaguariúna oficializou na sexta-feira, 05, ao prefeito Gustavo Reis, a devolução de R$ 200 mil, sobra do orçamento do Legislativo no primeiro semestre de 2019. Essa é a primeira vez que o repasse é feito referente ao que não foi utilizado nos primeiros seis meses do ano.

A entrega foi feita no gabinete do chefe do Poder Executivo pelo presidente da Câmara, Walter Tozzi e pelo 2º secretário, vereador Cristiano Cecon. A mesa também é composta pela vice-presidente, Cássia Murer Montagner e pelo 1º secretário, Afonso Lopes da Silva, o Silva.

Na entrega do cheque o presidente da Câmara destacou que a devolução do dinheiro ao Executivo segue o que determina a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) e é fruto da gestão responsável que executa desde sua posse. “Temos o compromisso de gerenciar os recursos disponíveis da melhor forma possível e a devolução desses R$ 200 mil comprova isso, pois é um dinheiro que pode ser aplicado em benefício das necessidades básicas da população, como saúde e educação, por exemplo”, disse Tozzi.

O prefeito Gustavo Reis agradeceu a todos os vereadores pela contribuição, sobretudo, segundo ele, porque o país ainda atravessa uma grave crise econômica e isso tem afetado bastante os repasses por parte dos governos federal e estadual. “Além disso, a arrecadação caiu substancialmente para todas as prefeituras, tanto que em Jaguariúna determinei uma forte contenção de gastos. Então, esse dinheiro é muito bem-vindo e será aplicado da melhor maneira possível em prol da população”, disse.

Dentre as principais medidas tomadas pela nova Mesa Diretora, que tomou posse no neste ano, estão revisões dos contratos assinados pelo Poder Legislativo, eliminando gastos desnecessários, diminuição expressiva na compra e no uso de materiais descartáveis e reuniões esporádicas com todos os departamentos, visando otimizar os investimentos realizados.

Tozzi ressalta que o trabalho é árduo e está apenas começando. “Temos ainda mais um ano e meio para seguir implementando as medidas de gestão que estão transformando nossa Câmara Municipal. Bastante coisa já foi feita, mas ainda temos muito a realizar. O apoio do Poder Executivo também é essencial em todo esse processo”, finalizou.

 


Comentários