PASSEIO DE 9 DE JULHO FOI SUCESSO COM FAMÍLIAS E CRIANÇAS

O feriado de 9 de julho foi comemorado com uma programação para lá de especial em Mogi Mirim, que teve uma participação importante na Revolução Constitucionalista de 1932.
Isso porque, o município foi uma das principais rotas dos soldados que lutaram para derrubar o governo de Getúlio Vargas em favor de convocar uma Assembleia Nacional Constituinte. Por essa razão, a Prefeitura, por meio da Secretaria de Cultura e Turismo e do Comtur, promoveu um passeio gratuito à essa história que deixou marcas na cidade.
A programação ao público, em sua maioria famílias com crianças, foi iniciada pela manhã, no Centro Cultural, com um delicioso café da manhã e com a visitação ao museu localizado no segundo andar do prédio, onde peças e objetos originais da guerra estão expostos, como armas, capacetes, fardas, fragmentos de bomba, utensílios de cozinha, panelas, máquinas fotográficas, rádios e jornais da época que noticiavam o conflito.
Ainda no Centro Cultural, o público assistiu um vídeo e um teatro explicativo da Revolução de 32. Em seguida, todos embarcaram na carreta que passou nos pontos da cidade onde foram registrados os principais acontecimentos da guerra como o antigo Aeroclube, no bairro da Saúde, onde cinco dos sete aviões participantes do embate foram bombardeados, a Estação Educação e o abrigo subterrâneo localizado na Rodovia Professor Adib Chaib, onde os participantes do passeio ficaram por dentro de muitos fatos da época que foram explicados pelos escoteiros, do grupo Encanto das Matas, que serviram no local o alimento dos soldados como o “Café na Pedra” e o pão sem fermento. Além disso, todos tiveram a chance de descer até o abrigo subterrâneo.
A programação foi encerrada na Praça Rui Barbosa, onde a banda musical Lyra Mogiana fez uma apresentação. “Fiz questão de estar aqui e estou surpreso de ver tanta gente, famílias com crianças interessadas em conhecer nossa história que precisa e deve ser preservada”, disse o prefeito Paulo Silva, na abertura da programação. Já ao final do passeio, o secretário de Cultura e Turismo, Luiz Henrique Dalbo, falou do sucesso do evento. “Seguimos a tradição do evento, já que após a pandemia, este é o oitavo passeio da Revolução de 32, e foi um sucesso, nós tivemos pessoas não só de Mogi Mirim, mas também de outras cidades da região, o que faz esse contexto histórico ser cada vez mais replicado” pontuou o secretário que agradeceu os membros do Comtur, em especial ao presidente do conselho Sebastião Zoli Júnior, que foi o guia nas passagens históricas, a vereadora Sônia Modena que esteve no apoio e colocou o evento no calendário municipal, aos Sucos Alvorada, a Floricultura Laços de Flores que fez os arranjos e as secretarias municipais que ajudaram a realizar o evento.
  

Comentários