PAT Jaguariúna dobra o número de vagas captadas em 2017

Contrariando os números da crise no País, o Posto de Atendimento ao Trabalhador de Jaguariúna mais que dobrou o número de vagas captadas em 2017, ou seja, as vagas abertas e disponibilizadas, em relação ao ano anterior. Foram 1285 vagas captadas contra 508, em 2016.

“Esse superávit é resultado do trabalho minucioso realizado no PAT. Nós fazemos a captação de vagas diariamente, por meio de visitas às empresas, contato diário com o departamento de Recursos Humanos das empresas, além de reunião mensais com o RH para atendermos às necessidades dessas empresas”, explica Renata Lopes, coordenadora do PAT de Jaguariúna.

E os resultados positivos não param por aí. O número de atendimento do PAT em 2017 também cresceu. Foram atendidas 40.051 pessoas em busca de emprego, contra 29.595 em 2016.

Ainda de acordo com a coordenadora do PAT, o número de encaminhamentos para entrevista de emprego também aumentou em 2017.  Foram 5.523 contra 3.489, em 2016. “O trabalho é criterioso. O PAT procura atender exatamente o perfil buscado pela empresa para aumentar as chances de contratação e evitar o desgaste. Cada vaga e cada empresa especifica as necessidades e buscamos o candidato que mais se aproxima das exigências”, explica Renata.

Dos candidatos encaminhados para a entrevista, o número de aprovados mais que dobrou. Em 2017 foram 1.168 aprovações nas entrevistas de emprego, contra 517 aprovados em 2016, isso, segundo Renata, é o resultado dos dados passados pelas empresas e nem todas comunicam, ou seja, o número pode ser maior.

“Estamos muito satisfeitos com esses números positivos. Este ano acreditamos numa melhora da economia e paralelamente a isso, o trabalho do PAT se mantém firme e comprometido com o compromisso de aproximar empresa de candidato”, comemora Renata.

O PAT Jaguariúna funciona de segunda a sexta-feira, das 8h as 11h30 e das 13h as 16h30, na rua Coronel Amâncio Bueno, 810. O telefone é o 3837-3377

Reportagem: Beatriz Casadei    Foto: Ivair Oliveira

  

Comentários