Posse participa do 3º Mutirão Regional de Combate ao Aedes aegypti

A Prefeitura Municipal de Santo Antônio de Posse, através do setor de Vigilância Sanitária e Epidemiológica, realizará no sábado, dia 27 de janeiro, às 8h00, uma carreata em prol do 3º Mutirão Regional de Combate ao Aedes aegypti. O local escolhido para a realização da ação foi o bairro Vila Esperança.

Durante a carreta dois caminhões circularão no bairro: um deles recolherá todo material identificado como possível criadouro do mosquito e o outro, em parceria com a Cooperposse, recolherá materiais recicláveis. É importante ressaltar que não serão retirados galhos, entulhos e outros materiais que não se enquadrem na descrição acima.

Além da carreata, a equipe da Vigilância Sanitária e Epidemiológica do município distribuirá panfletos de conscientização e conversará com a população sobre prevenção. Uma barraca também será montada na feira de sábado para tirar as dúvidas dos moradores da cidade sobre o assunto.

Para a Chefe de Vigilância Epidemiológica, Márcia Cristina Antônio Simenton, a participação da população é de extrema importância. “As estatísticas apontam que os recipientes domésticos, principalmente vasos e plantas, apresentam maior número de criadouros de larvas do mosquito. Por isso, é urgente e necessário que a população compreenda seu papel nessa luta, procurando e removendo dos seus quintais possíveis criadouros, descartando esses materiais de maneira apropriada, não jogando o lixo nas ruas, em terrenos, construções, etc.”, afirma.

Na terceira semana de janeiro de 2017, a vigilância havia registrado 5 casos suspeitos de dengue. Em 2018, o número já subiu para 9 casos suspeitos. Por isso, é preciso estar alerta e na luta contra a procriação do mosquito.

Encontro

Na quarta-feira, dia 17 de janeiro, foi lançado oficialmente o 3º Mutirão Regional de Combate ao Aedes aegypti na região de Campinas. O encontro aconteceu na Prefeitura Municipal de Campinas e reuniu representantes de diversas cidades da região para a apresentação das ações que serão realizadas em 2018, a fim de que os casos de dengue, chikungunya, zika e febre amarela não se multipliquem. Na ocasião, Santo Antônio de Posse estava representada pela vice-prefeita Dr. Dianora e a Chefe de Vigilância Epidemiológica, Márcia Cristina Antônio Simenton.

Essa é uma parceria entre a EPTV e as prefeituras da região e a expectativa é a de que no dia 27 de janeiro, mais de 11 milhões de pessoas de 317 cidades na região de cobertura das 4 emissoras da EPTV participam de ações de combate aos criadouros.

Matéria: ASCOM

  

Comentários