Prefeitura realiza amanhã primeira etapa do Ciclo de Debates para Revisão do Plano Diretor

A Prefeitura de Holambra realiza nesse sábado, em 17 de fevereiro, o primeiro de três encontros do Ciclo de Debates para revisão do Plano Diretor da cidade. A reunião acontece a partir das 9 horas no Salão da Terceira Idade e é aberto a toda a população.

O objetivo do evento, segundo Alex Marques Rosa, arquiteto e urbanista responsável pela coordenação do trabalho, é apresentar ideias e contribuições por meio de palestras para qualificar a participação dos moradores nesse processo de revisão.

“Essa será a primeira etapa aberta à participação. Mais à frente serão incorporados aos encontros dinâmicas mais intensas que permitam o engajamento e a efetiva colaboração da sociedade”, explica.

A programação de amanhã conta com palestras de Adriana Corsini, arquiteta e professora universitária com passagem pela Secretaria de Planejamento, Gestão e Mobilidade de Araras, e de Alessandra Caratti, diretora municipal de Turismo e Cultura de Holambra que concluiu recentemente a elaboração do Plano Diretor de Turismo do município.

O Ciclo de Debates contará ainda com dois outros encontros esse mês, nos dias 21 e 24 de fevereiro, às 18h30 e às 9h respectivamente. A etapa seguinte será a Leitura Comunitária, em que serão levantados os anseios da população a partir da apresentação dos problemas que afetam a sua vida diária.

“Por fim faremos a Leitura Técnica, com levantamento de informações e dados já existentes e precisarão ser compatibilizados. Juntando essas duas leituras é que começaremos a elaborar a proposta de Plano Diretor”, explicou Rosa.

Para o prefeito Fernando Fiori de Godoy, esse é um momento muito especial. “Juntos vamos discutir, propor ideias e planejar o futuro da nossa cidade”, disse. “Holambra é um município jovem, pequeno, mas grande em importância e em pleno processo de desenvolvimento. E o desenvolvimento é salutar. Deve ser comemorado, incentivado. Mas, acima de tudo, organizado”.

Segundo ele, é isso o que pretendem as ações do processo de revisão. “Vamos avaliar coletivamente novas diretrizes e apontar os caminhos mais adequados para que Holambra cresça com infraestrutura, ordenação, bom nível de serviços públicos e qualidade de vida”, disse.

Matéria: ASCOM

  

Comentários