fbpx

Prefeitura reinaugura Zoológico Municipal neste sábado

Após seis anos de espera, a população mogimiriana voltará a frequentar o Zoológico Municipal “Luiz Gonzaga de Amoêdo Campos”, que ficou fechado por seis anos para reforma. Neste sábado (3), o espaço de lazer volta a abrir suas portas, a partir das 10h, para a visitação da família mogimiriana e também para moradores de outras cidades da região. A reinauguração contará com a presença de autoridades e da população.

Inicialmente, a visitação por parte da população será permitida aos sábados, domingos e feriados, das 9h às 17h, para que os animais, que passaram os últimos anos sem contato com os seres humanos, sejam acostumados com a presença das pessoas. A entrada é gratuita. A expectativa é que, gradativamente, os dias de visitação do público sejam ampliados, de modo que os animais se adaptem à movimentação de visitantes. Já as visitas de grupos escolares serão feitas às quintas e sextas-feiras. Ao todo, 2.644 alunos da rede pública municipal deverão visitar o zoo até o final do ano.

Mais recintos foram construídos já prevendo a ampliação do plantel e por isso, neste primeiro momento, alguns espaços deverão estar vazios. O Zoológico de Mogi Mirim já está em constante contato com os institutos que fazem a intermediação para a aquisição de novos animais, de zoológicos de outras cidades, no entanto, há todo um processo burocrático envolvido para trazer novas espécies. Em breve, o zoo deverá receber três micos-leão-de-cara-dourada do Rio de Janeiro.

Além de apreciar os animais e entrar em contato com a natureza, a população poderá desfrutar de áreas sombreadas com novos quiosques para piqueniques, inclusive em torno do lago, playground, deck mirante e pistas de caminhada que são verdadeiros convites à prática de atividades físicas. Não haverá venda de alimentos e bebidas no interior do zoológico.

O espaço de educação ambiental, inaugurado em outubro de 2013, voltará a receber alunos para aulas sobre práticas sustentáveis. O zoológico ganhou ainda um prédio administrativo e uma área de suporte para funcionários. A equipe de manutenção do zoológico conta com biólogos, professor de ciências, auxiliar de administração, tratadores de animais, ajudantes gerais, pedreiros e serventes.

Em 2013, a gestão do prefeito Gustavo Stupp assumiu a revitalização do espaço com a missão de solucionar as interrupções e cronogramas que permaneceram em atraso desde o último governo, por problemas com as construtoras que assumiram os serviços, por exemplo. A reforma do local foi viabilizada através de uma parceria da Prefeitura de Mogi Mirim com a Petrobras, em 2008.

HISTÓRICO
Após a finalização das obras, foi iniciado o processo de emissão de autorizações para o manejo de fauna silvestre, que antes eram concedidas pela União, passando integralmente para o Departamento de Fauna da Secretaria de Estado do Meio Ambiente, em 2014, o que fez com que o processo fosse reiniciado.

A primeira autorização conquistada foi a licença prévia emitida pela Secretaria do Meio Ambiente, emitida em novembro de 2014, seguida pela autorização de instalação, após a apresentação do projeto técnico. Para que o zoológico voltasse a abrir, foi necessário solicitar a autorização de majeno, que permite o funcionamento do empreendimento de fauna silvestre em cativeiro, conforme determina o IBAMA (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis).

As autorizações necessárias não param por aí. Para que o espaço de lazer fosse reinaugurado ainda neste ano, foi necessário acelerar o processo de agendamento da vistoria pelo Departamento de Fauna, que ocorreu em maio. Já a autorização de manejo foi emitida em junho. Com esta última, o zoológico fica habilitado a receber novas espécies, podendo aumentar, de forma gradativa, seu plantel.

ZOOLÓGICO EM NÚMEROS
* O investimento total de R$ 3.573.435,68, sendo R$ 2.570.735,00 repassados pela Petrobras e R$ 1.002.700,68 de contrapartida da Prefeitura

* 118 animais de 26 espécies (pavão branco, arara canindé, arara piranga, arara vermelha, urumutum, coruja suindara, tucano toco, corujão orelhudo, papagaio verdadeiro, ararajuba, tucano de bico-verde, jiboia, salamanta, cágados, tigre d’água, tartaruga de orelha vermelha, jacaré do papo amarelo, jabuti, urubu-rei, bugio preto, ema, jaguatirica, anta, sagui de tufo branco, sagui de tufo preto e macaco prego)

* Construídos ou reformados 43 recintos [das aves, do urubu-rei, dos primatas, dos predadores, dos répteis (recinto dos jacarés e serpentário), da anta e um micário]

SERVIÇO
Endereço: Rua Sete de Setembro, s/n° – Aterrado – Mogi Mirim/SP
Telefone: (19) 3805-4730
Datas de funcionamento: quintas e sextas-feiras (apenas para grupos escolares) e sábados, domingos e feriados (ao público em geral)

  

Comentários