Primeiro trecho da Nico Lanzi quase pronto para receber asfalto

Com o avanço das obras de reconstrução, a nova Avenida Nico Lanzi começa a tomar forma definitiva no primeiro trecho, entre o acesso à Rodovia SP 340 e o vale que entrecorta o Parque Florestal “São Marcelo”.

Nesse trecho, toda a parte de infraestrutura, com drenagem, construção de guias e sarjetas e aplicação da base de BGS (Brita Graduada Simples) já está pronta para receber pavimentação asfáltica nos próximos dias.

BGS é uma composição de diferentes faixas de granulometria de pedras misturadas conforme o projeto como base para pavimentos. A Nico Lanzi vai receber duas camadas do material.

A primeira começou a ser espalhada e compactada na tarde desta segunda-feira, dia 10. Entre uma e outra camada são realizados dois ensaios para aferição da compactação.

Em seguida já pode ser aplicada a cola para imprimadura ligante e, finalmente, a nova capa asfáltica, o que deve começar, no mais tardar, na próxima segunda-feira, dia 17, segundo a Construtora Simoso.

No trecho inicial falta complementar apenas a troca de solo próximo do acesso à SP 340, onde já foi construída uma caixa de passagem de água. O serviço já está sendo executado.

Nos dois trechos seguintes, no sentido da rodovia para a cidade, continuam sendo realizadas etapas de relocação de redes de água, esgoto e gasoduto, além da troca de solo e as últimas passagens de água.

A área onde será construída uma rotatória para facilitar o acesso a empresas e propriedades locais também já começou a ser delimitada. O segundo trecho já está recebendo guias e sarjetas.

A maior passagem de água, que entrecorta a área do parque entre o primeiro e o segundo trecho das obras será concluída assim que forem entregues os tubos de concreto que estão sendo produzidos sob medida.

Iniciadas em março, as obras seguem dentro do cronograma – a despeito de algumas intervenções que se fizeram necessárias -, com prazo de seis meses para conclusão.

O investimento é de R$ 3,5 milhões, sendo R$ 3 milhões do financiamento de R$ 10 milhões contratado junto à Caixa Econômica Federal e R$ 500 mil de contrapartida do Município.

  

Comentários