Projeto de Lei propõe limitar na utilização de fogos de artifício em Holambra

Proibir a utilização de fogos de artifício em eventos realizados com a participação de animais ou em áreas próximas onde animais se abriguem. É o que propõe o projeto de Lei 12/2016, apresentado durante sessão da Câmara de Holambra realizada na última segunda-feira, dia 11 de julho. De autoria do vereador Dennis Peters (PSDC), a propositura visa minimizar danos sofridos pelos animais em função do barulho causado pela explosão dos fogos, como desorientação, pânico e outros problemas que podem resultar em morte.

O projeto prevê que fogos de artifício só poderão ser utilizados em shows pirotécnicos realizados por empresas certificadas, com autorização da Defesa Civil do município e em locais que distem ao menos 2 quilômetros de matas, parques públicos, canis públicos ou particulares, santuários ecológicos, locais de exposição ou venda de animais, cavalgadas e rodeios.

Em tribuna, Dennis destacou o perigo em manusear os fogos e os malefícios que podem causar a animais silvestres e domésticos. O projeto será analisado nas comissões permanentes da Câmara.

Praça no Groot

A pista de skate prevista para praça localizada no Groot voltou a fazer parte da pauta. Eduardo da Silva(Pernambuco-PSD) apresentou indicação sugerindo que a estrutura atualmente inacabada seja substituída por um campo de areia para a prática de futebol. Dessa forma a área poderia ser recuperada e proporcionaria uma opção de lazer sem contrariar a parcela de moradores que é contra a instalação da pista de skate.

Pernambuco solicitou ainda que o banheiro localizado na praça passe por limpeza diária e seja trancado a noite para evitar vandalismo. Pediu ainda a troca das atuais luminárias do logradouro por outras mais altas e potentes, porém em menor número, o que poderia diminuir o consumo de energia e os danos provocados pela prática de esportes com bola.

Atendendo a pedidos de munícipes, vereadores requisitaram a implantação de dois redutores de velocidade: um na rua José Martins, solicitado por Pernambuco, e outro em frente ao número 145 da rua Sálvia, solicitado por Sebastião Ribeiro(Tiãozinho-PTB).

UBS do Pinhalzinho

As unidades básicas de saúde recém-inauguradas também foram abordadas em indicações. Jesus Aparecido (Jesus da Farmácia-PSD) pediu ampliação dos horários de ônibus municipal para transportar pacientes à UBS do bairro Pinhalzinho. Segundo o vereador, em função da localização da UBS e da extensão territorial dos bairros rurais, alguns moradores do Fundão, Danúbio Azul e da região da Cachoeira precisam se deslocar muito mais agora, com a unidade em funcionamento, do que anteriormente, quando eram atendidos em UBS no centro.

Aparecido Lopes(Cido Urso-PTB) elogiou a estrutura da UBS do Imigrantes, mas pediu a instalação de ventiladores na recepção da unidade, além de barras de apoio no banheiro destinado a portadores de necessidades especiais.

Jacinta Heijden(PSDB) solicitou que o Conselho Tutelar, cuja sede encontra-se atualmente na praça dos Pioneiros, mude o local de atendimento. Para a vereadora, as pessoas atendidas pelo órgão, muitas em situação de vulnerabilidade, ficam expostas devido ao grande número de pessoas que circula nas imediações. Um local mais reservado poderia proporcionar maior privacidade aos usuários.

  

Comentários