Provas do Vestibular da Univesp Jaguariúna transcorreram em clima de tranquilidade

Controle rígido na entrada, proibição do uso de celular e utilização de detectores de metal marcaram a realização do exame.

O domingo, 21 de janeiro, foi de muita expectativa para os 702 candidatos que fizeram a prova do Vestibular Vunesp 2018, em Jaguariúna, divididos entre a Escola Municipal Coronel Amâncio Bueno, no Jardim São João, e a Escola Estadual Professor Celso Henrique Tozzi, no Bairro Berlim. Em comum, o objetivo de todos era garantir vaga num dos cursos que funcionarão no polo presencial da Escola Coronel Amâncio Bueno.

A prova teve início às 14h e os candidatos tiveram prazo máximo de quatro horas para responder as questões. Todo o processo foi coordenado por fiscais da Fundação Vunesp, que não permitiram o uso de telefone celular, utilizaram detector de metais e acompanhavam os candidatos para acesso aos banheiros e no retorno à sala. As carteiras estavam identificadas com o nome e a inscrição de cada candidato. Os portões foram abertos às 13h, sendo fechados pontualmente às 14h.

Conforme havia sido divulgado, o conteúdo da prova teve 15 questões de Língua Portuguesa e Literatura Brasileira, 6 de Língua Inglesa, 7 de História, 7 de Geografia, 5 de Biologia, 5 de Química, 5 de Física e 10 de Matemática. De acordo com a programação da Fundação Vunesp, o gabarito oficial da prova será divulgado a partir das 10h de hoje (22 de janeiro), no site www.vunesp.com.br/uvsp1703

O Prazo para recursos será de dois dias, contados a partir da divulgação, ou seja, vai das 10h de 22 de janeiro até as 23h59 do dia 23 de janeiro. A solicitação também deve ser feita pelo site da Vunesp. A lista de classificação geral será divulgada no site www.vunesp.com.br/uvsp1703 no dia 14 de janeiro, após as 14h. Já a matrícula presencial deve ser feita nos dias 15, 16 e 19 de fevereiro no polo da Univesp em Jaguariúna, na Escola Municipal Coronel Amâncio Bueno.

Reportagem: Aluízio Santana               Fotos: Ivair Oliveira

  

Comentários