fbpx

Psol elege nova diretoria e deverá lançar chapa pura para as eleições

Sábado passado, dia 16 de abril, os correligionários do Partido Socialismo e Liberdade (Psol) se reuniram para discutir a atual situação da política no âmbito nacional, estadual e municipal, mas principalmente para eleger a executiva municipal que substituirá a comissão provisória que está ativa desde 2013.

O professor de biologia André Luís de Oliveira foi reconduzido ao cargo de presidente por mais dois anos, Emanuel Duarte foi escolhido para ser o tesoureiro da executiva e Fábio Alcântara Lima será o secretário da diretoria eleita. Também foram escolhidos os membros que ficarão a frente das comissões que deverão ser instituídas dentro do diretório municipal.

Oliveira explicou que a formulação dessa executiva atende a legislação eleitoral, pois existe uma resolução do Tribunal Superior Eleitoral que proíbe partidos políticos de lançarem candidatos a prefeito e a participarem de alianças onde não haja diretório municipal registrado.

Durante o encontro os membros reforçaram e formalizaram a pré-candidatura do professor André a prefeito e de Sueli Mara Scarin Barzon a vice-prefeito. “Acredito que nós não iremos participar de nenhuma coligação, portanto devemos lançar a candidatura de 10 ou 12 vereadores”, apontou Oliveira.

O presidente da sigla disse que foi procurado por alguns partidos para conversar sobre a possibilidade de coligação, e que chegou a sentar com eles para conversar, mas que esses partidos não estavam alinhados com a ideologia pregada pelo Psol. Por isso o partido deverá lançar chapa somente com integrantes da sigla.

Os filiados ao Psol também aproveitaram o encontro para discutir sobre a questão da política nacional, estadual e municipal. Oliveira e Duarte informaram os membros da sigla que durante o último encontro nacional do partido ficou acordado que o Psol não apoia o impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT). Mas que isso não significa apoio ao governo petista.

DIRETÓRIO PSOL

A executiva municipal foi eleita para conduzir o partido por dois anos; André Luís de Oliveira foi reconduzido ao cargo de presidente

  

Comentários