Recuperação do Lago do Holandês inicia nova etapa

No final do mês de junho, a Prefeitura deu inicio as obras de recuperação da orla dos chalés e desassoreamento do Lago do Holandês. A melhoria é fruto de um investimento de cerca de R$ 2,8 milhões vindo do Fundo de Interesses Difusos (FID), ligado à Secretaria de Justiça do Governo do Estado.

No momento, está sendo feita a base para asfalto no estacionamento, alambrado, calçadas em torno dos chalés, recuperação de todo o madeiramento, instalações elétricas internas e externas, banheiros, além da dragagem e desassoreamento. Na sequencia, será realizada a recuperação de telhados, instalação de luminárias ornamentais, instalações hidráulicas e guarda-corpo em frente ao lago.

“Este investimento é importantíssimo para recuperar um dos locais mais bonitos da cidade que estava abandonado há muito tempo. Esse ponto de Holambra tem grande potencial para ser um local agradável para moradores e para turistas. Além disso, o desassoreamento vai aumentar a capacidade de reserva de água para abastecer a cidade,” explica a diretora do departamento de obras e planejamento, Elisa Pennings.

A draga tem a finalidade de fazer a sucção de lama e areia com a capacidade de solucionar os pontos mais assoreados. O engenheiro Egberto Arruda Camargo, que é um dos responsáveis pelas obras no Lago do Holandês, explica que a draga faz a remoção do material que está sedimentado no fundo do lago, drenando o material para ser posteriormente transportado. “O material que é drenado fica depositado em caçambas esperando secar. Por isso, essa operação depende das condições climáticas”, explica. “Esse processo não só ajuda no aumento da reserva hídrica do lago evitando estiagem, mas na qualidade da água. Com esse investimento, as estações de tratamento do município poderão trabalhar com uma melhor qualidade de água”.

Matéria: Amanda Sisti

  

Comentários