Saúde de Artur Nogueira mantém vacinação de adolescentes

2.660 adolescentes já se imunizaram com a 1ª dose da Pfizer no município

A Prefeitura de Artur Nogueira, por meio da secretaria de Saúde, informa que manterá a vacinação de adolescentes com idade entre 12 e 17 anos contra a Covid-19. A decisão vai ao encontro do posicionamento do Estado de São Paulo, bem como a orientação do Grupo de Vigilância Epidemiológica (GVE) de Campinas, que recomendam a não paralisação.

“Lamentamos a decisão do Ministério da Saúde em suspender a vacinação de nossos adolescentes. É um momento que necessita de sensatez. Seguiremos a recomendação da GVE, e a VISA continuará imunizando essa faixa etária”, enfatizou o prefeito Lucas Sia (PSD).

De acordo com o Governo de São Paulo, a decisão de suspender a vacina para esse público, e que partiu do Ministério da Saúde na manhã desta quinta-feira (16),  vai na contramão de autoridades sanitárias de outros países. “A vacinação nessa faixa etária já é realizada nos EUA, Chile, Canadá, Israel, França, Itália, dentre outras nações. A medida cria insegurança e causa apreensão em milhões de adolescentes e famílias que esperam ver os seus filhos imunizados, além de professores que convivem com eles”, rebateu o Estado.

O Plano Estadual de Imunização (PEI) informa que a vacinação dos jovens de 12 a 17 anos começou em SP no dia 18 de agosto e já foram imunizadas cerca de 2,4 milhões de pessoas, ou seja, 72% deste público.

Em Artur Nogueira, até esta quinta-feira (16), 2.660 adolescentes haviam se vacinados com a 1ª dose da Pfizer, único imunizante recomendado para esta faixa etária pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Artur Nogueira
  

Comentários