Semana Ambiental do CONSAB mobiliza centenas de estudantes em Holambra

Envolver centenas de pessoas de diferentes idades e municípios em torno da conscientização, da educação e da valorização do Meio Ambiente. Com esse propósito, o consórcio intermunicipal CONSAB realizou nos últimos dias, em Holambra, uma ação inédita com palestras, oficinas de reaproveitamento de lixo, espetáculos teatrais, filmes educativos e exposições para estudantes e moradores das cidades associadas. O evento mobilizou mais de mil pessoas entre os dias 18 e 21 de junho.

A 1ª Semana de Iniciativa Ambiental foi aberta oficialmente na segunda-feira (18), nas dependências da Faculdade de Agronegócios de Holambra. Após a solenidade, que contou com a participação do prefeito anfitrião e presidente do consórcio, Fernando Fiori de Godoy, de gestores da região, representantes do Centro Universitário de Jaguariúna (UniFAJ) e de José Walter Figueiredo, coordenador do Programa Município Verde Azul, do Governo do Estado, cerca de 60 estudantes da escola municipal Jardim Flamboyant participaram de um plantio de mudas às margens da Avenida Mário Bonano.

“Estamos plantando hoje uma semente de educação e de consciência ambiental”, destacou o prefeito. “Idealizamos essa iniciativa no mês do Meio Ambiente para que seja um trabalho perene, que percorra os municípios consorciados e leve conhecimento e boas práticas à população e às escolas, onde tudo isso começa”.

Além do plantio das mudas, a ação promoveu na terça-feira (19) apresentações de teatro com temática ligada à preservação e a exibição de filmes educativos – atividades que contaram com apoio da concessionária Águas de Holambra. Foram três encenações da peça “Bela Flora” para estudantes do ensino fundamental de Holambra, Cordeirópolis, Conchal e Artur Nogueira.

Na quarta-feira, o público infantil deu lugar à terceira idade. Caravanas de Conchal e Cordeirópolis participaram de oficinas de artesanato com garrafa PET, de horta vertical e de fabricação de sabão a partir de óleo usado de cozinha. A oficina de artesanato, oferecida por profissionais da Associação dos Amigos do Meio Ambiente e Cultura (Apraeco), foi realizada também na quinta-feira exclusivamente para artesãos holambrenses.

“Procuramos oferecer uma programação diversa para atingir pessoas de diferentes idades e interesses, com enfoque especial em alunos da educação básica”, explicou Dr. Fernando.

Ainda assim, estudantes do ensino médio também tiveram espaço entre as atividades. Salas da escola estadual Ibrantina Cardona, de Holambra, participaram nessa quinta-feira (21) de uma palestra educativa com o engenheiro ambiental e diretor institucional da Faculdade de Agronegócios, Geraldo Eysink.

O fechamento da Semana Ambiental ficou por conta de gincanas voltadas a alunos do ensino fundamental, com participações de escolas de Holambra, Jaguariúna e Conchal. Além disso, uma cápsula do tempo com mensagens redigidas por estudantes holambrenses e fotos deles com as mudas plantadas na solenidade de abertura foi enterrada nas dependências da faculdade. A previsão é que ela seja aberta daqui a 10 anos.

  

Comentários