fbpx

Raça Senepol impressiona no Pará

O Senepol, raça taurina adaptado ao clima tropical, continua fazendo história pelo mundo. No Brasil, reconhecido pelas suas 200 milhões de cabeças bovinas, não tem sido diferente. Um ótimo exemplo encontra-se no Estado do Pará, onde um pecuarista desenvolve uma grande criação com apoio da pioneira Senepol Nova Vida, de Ariquemes (RO), detentora do maior e mais variado acervo genético da raça no mundo. Seu propósito inicial é suprir demandas internas por touros para monta natural.

Aos 15 meses de vida, os animais meio-sangue Senepol atingiram 15 arrobas

Aos 15 meses de vida, os animais meio-sangue Senepol atingiram 15 arrobas

Dono de três fazendas e um rebanho de 120 mil bovinos, Luiz Pires busca meios para melhorar a taxa de desfrute do gado, cuja média brasileira é estimada em 20%. E foi numa frenética caçada por reprodutores que conheceu o Senepol. “Visitei a Senepol Nova Vida e me surpreendi com a eficiência dos primeiros touros que comprei. Cobriram a vacada com tranquilidade e sem regalias na alimentação. Depois ainda proporcionaram uma taxa de prenhez superior a 80%. A resistência é a mesma do zebu, mas com a vantagem de serem muito dóceis”, afirma.

Na grande maioria das fazendas brasileiras, o gado caminha muito para a cópula, tarefa antes cumprida com eficiência apenas por raças zebuínas. Agora com o Senepol, o experiente pecuarista vai agregar precocidade, qualidade de carne e rendimento de carcaça. Aos 15 meses de vida, os animais meio-sangue Senepol atingiram 15 arrobas, sendo criados e recriados só com capim e sal mineral e concentrado de milho na terminação. Conseguiu a diferença de uma arroba de peso a mais na desmama e almeja abatê-los com 20@ aos 20 meses. Somente com sangue Nelore e um manejo impecável, certamente, não chegaria a este resultado.

Satisfeito, ele avança para a pecuária seletiva, com a meta de produzir 1.000 touros Senepol PO, a partir de 2.000 bezerros previstos para nascer em breve. Sua base genética é formada por 300 doadoras de ponta e sêmen de touros americanos.

  

Comentários