Servidores da Saúde celebram Dia de Prevenção à Obesidade com competição de hábitos saudáveis

O Brasil celebra hoje, em 11 de outubro, o Dia Nacional de Prevenção à Obesidade. Para fazer jus à ocasião, 12 servidoras municipais da saúde que atuam no PSF Santa Margarida se uniram, com apoio dos médicos Murilo Cabral Vasconcelos e Miriam Seguessi Franguiosi, para uma competição amistosa de cuidados com a saúde e o físico.

O projeto Mais Saúde, assim batizado pelos próprios participantes, foi desenvolvido entre os dias 21 de agosto e 17 de setembro. O objetivo era conscientizar os profissionais que trabalham na unidade a respeito da importância de hábitos saudáveis, formando novos multiplicadores de informação que estão em contato permanente com os moradores.

As mulheres que participaram da “competição” foram divididas em duas turmas – cada uma delas acompanhada por um profissional.

Dr. Murilo, um dos “técnicos” de equipe, explica que é essencial que os funcionários estejam aptos a orientar os pacientes do PSF, que em parte apresentam índices de obesidade. “Através da dieta os funcionários ficaram cada dia mais motivados para melhor atender a população e assim indicar novas alternativas mais saudáveis aos pacientes”, disse.

E ele ressalta: é essencial que toda dieta seja realizada com acompanhamento médico. “Hábitos mais saudáveis, além de ajudarem a reduzir peso excedente, são capazes de melhorar outras comorbidades, como hipertensão, colesterol e diabetes”, explicou.

Após quase um mês de desafio, as 12 servidoras perderam juntas 35,2 kg, reduziram medidas e o mais importante: acrescentaram hábitos saudáveis ao seu dia-a-dia.

A técnica de enfermagem Santina Fantucci obteve os melhores resultados ao longo do projeto. Ela perdeu 7 quilos e diminuiu mais de dez centímetros de abdómen e seis de quadril. “Melhorou muito minha autoestima e disposição nesse último mês”, conta. “Sem contar que é muito bom sair na rua ou chegar no trabalho e receber elogio dos amigos”.

De acordo com o diretor municipal de Saúde, Valmir Marcelo Iglecias, todos os moradores que estão em busca de uma vida com hábitos mais saudáveis podem procurar ajuda profissional nas unidades de saúde dos bairros.

Obesidade no Brasil
De acordo com o Ministério da Saúde, a pessoa é considerada obesa quando apresenta o índice de massa corporal (IMC) maior que 30. Entre os brasileiros, a obesidade cresceu 60% nos últimos dez anos, ou seja, passou de 1,8% em 2006 para 18,9% em 2016, atingindo quase um em cada cinco brasileiros.

A obesidade aumenta com o avanço da idade, porém, mesmo assim entre os mais jovens, de 25 a 44 anos, atinge indicador alto: 17%. O excesso de peso também cresceu entre a população: passou de 42,6% em 2006 para 53,8% em 2016.

Matéria: ASCOM

  

Comentários