Tocha Olímpica chega a Campinas nesta quarta-feira

A Tocha Olímpica chega a Campinas nesta quarta-feira, dia 20 de julho, às 17h, na Estação Cultura e segue até a Praça Arautos da Paz, no Taquaral, às 20h. Os condutores farão um percurso total de 15,4 quilômetros passando por várias ruas, avenidas centrais e pontos conhecidos da cidade como os estádios do Guarani e da Ponte Preta, o Centro de Convivência Cultural e a Prefeitura.

Membros do Comitê Organizador Rio-2016 e representantes da Administração Municipal das secretarias de Desenvolvimento Econômico, Social e de Turismo, de Esportes e de Cultura apresentaram para a imprensa a trajetória que a Tocha Olímpica vai percorrer, assim como todos que participarão do revezamento.

O prefeito de Campinas, Jonas Donizette, disse que Campinas se sente honrada em estar entre as cidades selecionadas para receber a Tocha Olímpica. “Vamos acolher este importante evento com toda a receptividade que é própria de nossa cidade. Que o mundo se alegre em ver os Jogos Olímpicos, que serão realizados pela primeira vez em nosso país”, disse.

O revezamento da tocha começa na Estação Cultura, considerada uma das 7 Maravilhas de Campinas. Antes de iniciar o percurso, haverá um evento de boas-vindas com a entrega da Medalha de Mérito Esportivo para homenagear cerca de cem atletas da cidade.

Um total de 77 pessoas farão o revezamento por todo o percurso. Cada atleta percorrerá 200 metros até a Praça Arautos da Paz, onde será realizada a cerimônia de acendimento da Chama Olímpica, como na Grécia. Logo após, acontece o show com a Família Lima.

Campinas indicou para condutores da Tocha Olímpica o ex-jogador de vôlei Maurício Lima; o ex-tenista Ricardo Melo; a ex-atleta especialista em heptatlo Conceição Geremias; a nadadora Fabiana Sugimori; e o ex-jogador de futebol Sérgio Donizetti, conhecido como o João Paulo.

No evento desta segunda-feira, 18 de julho, também foram apresentados os condutores convidados pelos patrocinadores oficiais dos Jogos Olímpicos. Entre eles, estão a ex-atleta Odette Valentino Domingos, de 82 anos; Maria Helena Cardoso, ex-jogadora e treinadora de basquete; e o alpinista Rodrigo Raineri.

A tocha chega em Campinas após passar pelas cidades de Rio Claro, Limeira e Americana. Na quinta-feira, 21 de julho, segue para Indaiatuba, Itu, Jundiaí e Osasco.

O revezamento da Tocha Olímpica é realizado pelo Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016 e patrocinado pela Coca-Cola, Nissan e Bradesco. O governo federal, os estados e os municípios por onde a chama passa são parceiros na organização, garantindo que os serviços públicos necessários sejam oferecidos.

Trânsito e Segurança

A diretora de Turismo de Campinas, Alexandra Caprioli, disse que a Prefeitura tem trabalhado desde fevereiro de 2015 na preparação da cidade para receber o revezamento da Tocha Olímpica. Ela explicou sobre o envolvimento e o empenho de todas as secretarias municipais com o evento, bem como da Emdec, Setec, CimCamp, Polícia Militar, Guarda Municipal, Corpo de Bombeiros, Polícia Civil e Samu. “Nos preocupamos em oferecer toda a estrutura para receber a Tocha Olímpica para que a cidade possa se orgulhar com um momento tão especial”.

O secretário de Esportes e Lazer Dário Saadi lembrou que a cidade também vai abrigar seleções, como é o caso da Seleção Brasileira Feminina de Basquete; além da Seleção Feminina da Argentina (vôlei) e das Seleções Masculina e Feminina da Indonésia (badminton).

Dário Saadi também comentou sobre a entrega de Medalha de Mérito Esportivo para homenagear atletas de Campinas. “Vamos prestar a nossa homenagem àqueles que têm história e dedicação ao esporte a nossa cidade”. O secretário de Desenvolvimento Econômico, Social e de Turismo Samuel Rossilho também participou da cerimônia.

O revezamento passará pelas avenidas Andrade Neves, Campos Sales e Francisco Glicério, Rua Proença, Av. Airton Senna da Silva, Rua Conde D´Eu, Av. Princesa D´Oeste, Av. José de Souza Campos, Av. Eng. Carlos Stevenson, Av. José de Souza Campos, Av. Dr. Moraes Sales, Rua Irmã Serafina, Rua Conceição, Rua General Osório, Av. Anchieta, Rua Barreto Leme, Av. José de Souza Campos, Rua Mogi Guaçu, Av. Orosimbo Maia, Av. Brasil, Av. Barão de Itapura, Av. Doutor Heitor Penteado, Rua Vital Brasil e Praça Arautos da Paz.

As ruas serão interditadas de acordo com a chegada do comboio da Tocha Olímpica e, na quarta-feira, será proibido o estacionamento de veículos por onde a tocha passará. As ruas serão liberadas gradativamente.

A chama

O revezamento começou por Brasília, no dia 3 de maio, e vai percorrer 329 cidades brasileiras em 95 dias, alcançando 90% da população do país em todos os 26 estados do Brasil, além do distrito federal.

A chama percorrerá cerca de 20.000 quilômetros por estradas brasileiras e 10.000 milhas aéreas no trecho ao norte e centro-oeste do Brasil, entre Teresina e Campo Grande. A viagem se encerrará no dia 5 de agosto de 2016, quando o último condutor da tocha acenderá a Pira Olímpica durante a cerimônia de abertura dos Jogos, no Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro.

A chama olímpica é um importante símbolo dos jogos. Representa a paz, a união e a amizade. A tocha, por sua vez, é usada para passar a chama de um condutor para o outro durante o revezamento até o acendimento da pira na cerimônia de abertura.

Entre os principais atributos de inovação da tocha Rio 2016 estão os segmentos que se abrem, revelando elementos da brasilidade: diversidade harmônica, energia contagiante e natureza exuberante.

RC_Tocha_Olimpica_Foto_Roberto_Castro_21042016-4-1

  

Comentários