UMA EXCELENTE NOTÍCIA

A Secretaria de Estado de Educação de Santa Catarina contempla projeto pedagógico, inserindo na disciplina Meio Ambiente a conceituação sobre Direitos dos Animais.
Quem me conhece, sabe que a minha maior bandeira sempre foi e sempre será a oficialização da disciplina destacando os Direitos dos Animais em toda rede escolar em nosso país. É de longa data que abraço esse alvissareiro ideal. Tanto é verdade que, antes da pandemia que assola o mundo, em especial, o Brasil, sempre ministrei palestras nas escolas e universidades, dando vez ao assunto em voga, pois, somente educando, poremos fim a todos e quaisquer tipos de crueldade contra a fauna, seja ela doméstica, domesticável, silvestre e migratória. À luz dessas iniciais palavras, destaco que fiquei imensamente feliz com o e-mail que recebi dessa importante Secretaria, uma vez que também tivera enviado e-mail, destacando o assunto.
Em breves palavras, deixo aos ilustres leitores(as) de O REGIONAL, jornal web que abrange Campinas e mais 10 cidades no interior de São Paulo e que gentilmente abre espaço para a publicação de meus artigos e informativos, em especial, a senciência e direitos dos animais. Eis, abaixo:

Senhor Gilberto!
A Secretaria de Estado de Educação de Santa Catarina tem a Educação Ambiental como uma temática obrigatória no Currículo e no Projeto Político Pedagógico (PPP) das unidades escolares. Integra os conhecimentos dos componentes curriculares como uma abordagem transversal, por se referirem a assuntos que atravessam as experiências dos estudantes em seus contextos e contemplam aspectos que contribuem para uma formação cidadã, política, social e ética. Deve estar presente em todos os níveis de ensino desde a Educação Infantil, Ensino fundamental até o Ensino Médio, na Educação Básica e em todas as modalidades de Ensino.
Entendemos que a LEI 18057/21 (Lei Estadual – SC) que trata da conscientização nas escolas das redes pública e particulares do território catarinense, com objetivo de conscientização e formação de cidadania.
Agradecemos o contato e congratulamo-nos com o interesse pela educação e pelo tema em pauta. Aí está a comprovação e a resposta endereçada à minha pessoa que muito me honrou, afinal, é com imensa felicidade que constatei que a Secretaria de Estado de Educação de Santa Catarina deu um passo importantíssimo no que diz respeito ao ensino e propagação dos direitos dos animais nas redes escolares desse importantíssimo Estado do Sul do País, saindo à frente de muitas outros pares e capitais de país.
Inclusive, tomei a liberdade de enviar diversos artigos de minha autoria ancorados nessa temática, assim como história infantil, de cunho didático e lúdico para crianças, destacando os animais e o respeito à vida como um todo. Uma criança bem educada e que respeita a vida dos animais, será um adulto elevado, respeitador, inclusive, de seu próximo, afinal, o amor é o apanágio, a bandeira para a liberdade, o senso de justiça, honra e dignidade em relação aos seres vivos e sencientes.
nota: a lei federal 9394/96 – Lei de Diretrizes e Bases da Educação contempla o citado assunto, entendendo-o como ensino transversal, muito importante para a cidadania e evolução do estudante como um todo.

Gilberto Pinheiro é jornalista, palestrante em escolas, universidades, consultor da CPDA/OAB-RJ – Comissão de Proteção e Defesa dos Animais da Ordem dos Advogados do Brasil, seccional Rio de Janeiro, na divulgação da senciência e direitos dos animais

  

Comentários