Animais recebem atendimento por meio de posto de atendimento municipal

Após meio ano de atendimento, Posto Médico Veterinário comemora sucesso

Matéria: Paula Partyka

Em Jaguariúna, donos de animais de estimação que não tenham renda suficiente para pagar uma consulta com médico veterinário, recorrem aos serviços oferecidos pelo Posto de Atendimento Médico Veterinário (PAMV). O Posto foi inaugurado pela Prefeitura há seis meses na Rua Maurício Silva, sem número, no Bairro Roseira de Baixo. O acesso é pelo portão dos fundos do Parque Américo Tonietti.

De acordo com o Doutor José Eduardo Chaib de Morais, o posto está dentro do plano de Governo desta gestão, que atribuiu à Secretaria de Saúde atender, também, cães e gatos da população carente. “Depois de todo trabalho que está sendo desenvolvido, podemos concluir que o objetivo inicial foi concretizado e ficou acima do esperado”, disse.

Ao afirmar que as expectativas foram superadas, Dr. José explica que o Posto virou referência regional sobre o assunto. “Rebemos visitas de profissionais da área de outros municípios, como de Araras, por exemplo. Também vieram o vereador Cesar Rocha, de Valinhos, da vereadora Flávia, de Vinhedo (Bem Estar Animal), e futuramente o vereador Rafael, de Cosmópolis, virá nos visitar oportunamente. Além disso, fomos citados na última reunião de prefeitos da Região Metropolitana de Campinas (RMC) e citados como modelo”.

Ele também conta que ajudaram na criação da Câmara Temática do Bem Estar Animal, e ganharam em 1º lugar no concurso em Campinas. “Para quem não a conhece, “Crowdpet Pet” é uma plataforma de registro de animais urbanos: é um autoagendamento de inteligência artificial”, comemora.

De setembro a janeiro, foram contabilizadas 278 consultas, 136 retornos e 302 registros de atendimento. Os atendimentos mais comuns são para tratar dermatite, otite, miíase e gastroenterite, problemas que afetam a saúde de gatos, e principalmente, cães.

O posto oferece atendimento veterinário gratuito, o que inclui consulta e vacinação, dentre outros procedimentos básicos que são feitos mediante agendamento, por meio de triagem e com registro animal do programa Crowdpet. Os profissionais atuantes são veterinários da prefeitura e veterinários voluntários, juntamente com estagiários do curso superior de Medicina Veterinária.

Quem precisa levar seu animalzinho, pode entrar em contato ligando para o PAMV (19) 3837-4077, das 13h às 17h. Nesse telefone, serão fornecidas mais informações e realizado o cadastro do paciente.

  

Comentários