Mogi Guaçu conquista 1.000 cestas básicas junto ao Governo do Estado

O Fundo Social de Solidariedade de Mogi Guaçu recebeu nesta sexta-feira, dia 28 de maio, a doação de 800 cestas básicas do Governo do Estado de São Paulo. Outras 200 cestas foram doadas na semana passada pela Secretaria Estadual de Direitos da Pessoa com Deficiência, liderada por Célia Leão. Os kits, que contêm itens não perecíveis como arroz, feijão, óleo, farinha de trigo, açúcar, macarrão, sal e fubá, beneficiarão aproximadamente 5 mil pessoas entre adultos, adolescentes e crianças.

Têm direito a esses kits os cidadãos inscritos do Cadastro Único, com avaliação de técnicos do Centro de Referência e Assistência Social (CRAS). “Os beneficiados que estiverem corretamente cadastrados poderão retirar suas cestas no lugar designado pelos CRAS”, explica a secretária municipal de Assistência e Desenvolvimento Social, Leila Ramos.

É importante ressaltar que as cestas doadas pela Secretaria Estadual são destinadas exclusivamente para famílias que possuem algum integrante com deficiência. 100 delas já foram entregues para a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE) de Mogi Guaçu e a outra metade para a Secretaria Municipal de Assistência Social que está realizando a triagem dos beneficiados desta categoria.

__________________________ Continua após a propaganda

Mais importante que o valor representado pelas doações é a dose da esperança que elas significam e a garantia da dignidade daqueles que, neste momento tão peculiar, têm enfrentado dificuldades para manter condições básicas de subsistência. “A alimentação é uma necessidade mínima para a sobrevivência humana. Toneladas de alimentos se transformam em cestas que auxiliam essas famílias a vencer alguns dias e a arcar com outros custos de manutenção no lar”, cometa a presidente do Fundo Social de Solidariedade de Mogi Guaçu, Ana de Elisabeth Filomeno. “A pandemia nos trouxe novas situações e tem nos mostrado, mais do que nunca, que as incertezas podem gerar imprevistos. E essas pessoas precisam contar com a solidariedade humana”.

Doses de Solidariedade

Desde o início do ano, aproximadamente 6 mil cestas básicas foram distribuídas pela Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social por meio da Campanha Doses de Solidariedade – Vacina Contra a Fome, ideia que surgiu com a intenção de vincular a vacinação contra a Covid-19, que é um ato de esperança, a uma ação de solidariedade e de cuidado com quem mais precisa.

Os alimentos arrecadados foram doados pela International Paper, Câmara Solidária, Guarda Civil Municipal, Polícia Militar, Instituto Vascular Castedo, Penitenciária Feminina, Sindicato do Comércio Varejista, Supermercado Big Bom, doadores espontâneos e com compras realizadas pela própria pasta.

“Montamos cestas a partir das contribuições que recebermos para que possamos destinar às famílias e núcleos em situação de vulnerabilidade social”, contou Leila Ramos.

 

  

Comentários