Parceria com o SEBRAE leva Empreendedorismo para as aulas da Rede Municipal

Parceria firmada entre a Prefeitura e o SEBRAE permitirá que mais de 1,4 mil alunos do 1º ao 9º ano da Rede Municipal tenham a oportunidade de desenvolver habilidades e comportamentos empreendedores. A iniciativa fará com que eles participem do programa “Jovens Empreendedores: Primeiros Passos”, que vem a Holambra pela primeira vez desde sua criação, há cerca de 17 anos.

“Os alunos serão estimulados a traçar metas e a fazer planos para que elas se concretizem. Eles receberão ferramentas para terem autonomia, para que sejam protagonistas da própria vida nos âmbitos pessoal e social, na carreira e até para que um dia possam criar o próprio negócio”, explica o gerente do SEBRAE Campinas, Nilcio Caibar Freitas.

Essa didática será compartilhada com os estudantes por professores da rede que passarão um período de capacitação. Os 150 educadores envolvidos na proposta já começaram a primeira etapa de treinamento via internet com os profissionais da entidade. O segundo passo são as aulas presenciais. O curso, segundo Freitas, vai ajudar os educadores a introduzir os conceitos de empreendedorismo nas disciplinas de maneira prática e lúdica em sala de aula.

“O professor de matemática vai trabalhar, por exemplo, com formação de preço de venda e levantamento de custo de maneira simples. O de artes vai auxiliar na confecção de produtos, mostrar como trabalhar com qualidade e eficiência, como entregar um item bonito e de qualidade para que seja comercializado”, exemplificou.

A previsão do diretor municipal de Educação, Amarildo Boer, é de que na segunda quinzena de agosto os professores já estejam prontos para passar para os estudantes, durante o período regular de aulas, o que foi apreendido no curso. Em novembro, os trabalhos desenvolvidos na sala de aula serão, enfim, apresentados em um evento: a feira do Jovem Empreendedor.

“É um projeto inédito e inovador para o município. Nós trabalhamos com a formação de cidadãos e agora vamos ajudar a desenvolver o empreendedorismo nesses estudantes. A ideia é despertar o interesse pela criatividade e pela construção do próprio futuro profissional”, disse Amarildo.

A diretora municipal de Turismo e Cultura, Alessandra Caratti, que intermediou a parceria, também ressaltou a importância da iniciativa para Holambra. “É interessante pra nós enquanto estância turística despertar a veia empreendedora em nossas crianças e adolescentes. O turismo, por exemplo, é uma fonte de renda que cresce no dia-a-dia e precisa de material humano, de novas ideias. Será uma ação com certeza muito positiva”.

Todo o material para a realização do projeto em Holambra será cedido pelo SEBRAE, sem custos ao município.

Matéria: ASCOM

  

Comentários