fbpx

Tabaco mata até 50% de seus usuários

No dia 31 de marco foi celebrado pela OMS (Organização Mundial de Saúde) o Dia Mundial sem Tabaco com o objetivo de reforçar em todas as partes do planeta, o controle do tabagismo.

O tema de 2015 é a eliminação do comércio ilegal de produtos de tabaco, ressaltar os riscos associados ao uso do tabaco e defender políticas públicas efetivas para reduzir seu consumo.

A problemática do comércio ilegal do tabaco afeta vários âmbitos como: saúde, legal, econômico, governança e corrupção e acaba sendo uma preocupação global que domina 10% dos cigarros consumidos mundialmente, segundo dados de controle de alfândegas internacionais.

A população mais atingida pelo comercio ilegal de produtos do tabaco, são especialmente: os jovens e os grupos de baixa renda, devido à oferta aumentada e baixo custo.

É importante salientar que o comercio ilegal do tabaco faz uso desses recursos para financiar atividades criminosas como: tráfico de drogas, armas e pessoal, bem como o terrorismo.

A epidemia global do tabaco mata 6 milhões de pessoas por ano, (o tabaco mata até 50% dos seus usuários), das quais mais de 600 mil não são fumantes, devido sua condição de fumante passivo (as pessoas que convivem com fumantes, sendo que as mais prejudicadas são as crianças).

As pessoas que desejam parar de fumar podem contar com programas de tratamento do SUS. Muitos já deixaram, e permitiram que publicasse as suas fotos para estimular àqueles que desejam parar, mas não conseguem.

No município de Conchal o Tratamento é organizado por uma equipe multiprofissional (médico, dentista, psicóloga, nutricionista e assistente social) e é oferecido no CEMEC. Os interessados podem se inscrever com a Assistente Social Mariela, de segunda a sexta, das 7h às 13h.

  

Comentários